Economia para viajar: veja o peso do real no exterior

Confira onde a relação do nosso dinheiro está valorizado na troca pela moeda local

por Estado de Minas 30/09/2015 07:02

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
O site Kayak – de pesquisas de viagem on-line que ajuda o viajante a montar seu roteiro com base no preço que quer e pode pagar –, preocupado com a alta do dólar no Brasil e consequente cancelamento dos planos de turismo de muitas pessoas, divulgou destinos vantajosos para o brasileiro, caso a moeda norte-americana volte à casa dos R$ 4, ultrapasse R$ 4,10, R$ 4,20 ou R$ 4,50.

Segundo análise do Kayak, mesmo com cenário mais difícil para viajar para o exterior, a indústria do turismo continua com recordes positivos. No primeiro semestre de 2015, os aeroportos brasileiros tiveram 107,7 milhões de embarques e desembarques, o melhor resultado da história para o período – segundo dados da Secretaria de Aviação Civil. Veja a relação feita pelo Kayak entre nossa moeda e o equivalente em alguns países:

» Dólar a R$ 3,95 – Cidade do Cabo, África do Sul. Lá, R$ 1 vale 3,5 rands (moeda local);

» Dólar a R$ 4 – Gold Coast, Austrália. Por lá o dólar australiano é caro para o brasileiro (com R$ 1 você compra 0,35), mas mais vantajoso que o dólar americano;

» Dólar a R$ 4,10 – Bali, Indonésia. O voo é mais longo, mas R$ 1 equivale a 3,70 rúpias;

» Dólar a R$ 4,20 – São Petersburgo, Rússia. Para cada R$ 1, o turista consegue 17 rublos;

» Dólar a R$ 4,50 – Cairo, Egito. A cada R$ 1, você troca por 2 libras egípcias.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO