Para curtir o frio ao máximo durante as férias de julho

por Ludymilla Sá 17/06/2015 00:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pousada Quinta dos Pinhais/Divulgação
(foto: Pousada Quinta dos Pinhais/Divulgação)
O inverno começa no próximo domingo, oficialmente às 13h38. Com ele, a queda nas temperaturas e a procura por lareiras, aconchego, roupas mais quentes, cachecóis e também alimentos que aqueçam o corpo, como caldos, fondues, chocolates, chás, misturas que levam canela ou gengibre... É ainda o encerramento do calendário escolar e sinônimo de férias para milhares de brasileiros. Há quem não goste do frio, mas também quem adore curtir tudo o que a nova estação proporciona. De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cepetec/Inpe), o inverno é marcado pelo sistema meteorológico de frentes frias, que podem trazer algumas chuvas, mas, depois de sua passagem, entram as massas de ar frio, que, dependendo da trajetória e intensidade, provocam queda de temperatura e ocasionalmente geadas em locais serranos. As probabilidades de temperaturas mínimas estão mais fortes para a véspera da mudança de estação: na sexta-feira, dia 19, Porto Alegre (RS) deve marcar a mínima de 3 graus, podendo chegar a zero, enquanto Curitiba (PR) pode ter zero e até 3 graus negativos. Pensando em quem gosta de curtir esse período do ano, o Turismo pesquisou alguns roteiros onde vivenciar o inverno é programa garantido.
A mais fria das Gerais
Destino pouco conhecido por quem gosta de curtir a estação mais fria do ano, Maria da Fé, localizada a 467 quilômetros de Belo Horizonte, é o município mais gelado de Minas – detém o título de cidade com a mais baixa temperatura já registrada no estado (8,4 graus em 21 de julho de 1981). Está localizada no Sul de Minas, em plena Serra da Mantiqueira, bem próxima à estância paulista de Campos de Jordão –, ao mesmo tempo em que é uma das que mais oferece calor humano ao visitante. O calendário de eventos da cidade é repleto de atrações típicas, como o Festival da Viola, a Festa do Peão Boiadeiro, a Noite do Livro, a Folia de Reis, a Dança de São Gonçalo e a Catira. A produção de azeite de excelente qualidade é outro destaque da região. O turista pode visitar as plantações de oliveiras orgânicas e acompanhar desde o plantio da azeitona até o envaze final do produto. Impossível visitar Maria da Fé e não voltar para casa com o artesanato feito por artesãos locais, em fibra de bananeira. Verdadeiras obras de arte!
» Onde ficar: Pousada Pomária. Mais informações: www.fazendapomaria.com.br ou (35) 3662-1318
» Onde comer: Restaurante Dona Marta, Rua Luiz Corrêa Cardoso, 89, Centro.
Restaurante Três Marias, Avenida José Campos Sales, 155.
» Como chegar: De carro, pela Rodovia Fernão Dias até Pouso Alegre. Depois, na estrada que liga a Fernão Dias à Dutra, pegar o sentido Itajubá até Maria da Fé.
Entre malhas e artesanato
Se você gosta de inventar moda, não pode deixar de conhecer Jacutinga, também no Sul de Minas, distante 494 quilômetros de BH. Considerada a Capital Nacional das Malhas, a cidade também é famosa por seus recursos hídricos e o rico artesanato. Seu nome origina-se da ave jacuapeti, jacuarapá ou peru-do-mato, hoje já extinta, mas que era abundante no local. Não deixe de apreciar as águas da Fonte São Clemente e se divertir no local que conta com um pátio para recreação, um minizoológico e vários mirantes. E aproveite para conhecer a Cachoeira da Saudade, o Parque Primo Raphaelli e o Lago Central.
» Onde ficar: Hotel Filhos de Gandhi (www.hotelfilhosdegandhi.com.br)
» Onde comer: Restaurante Maria Constança, Rua Cel. Estevam, 215, Centro.
» Como chegar: De carro, pela Rodovia Fernão Dias até Pouso Alegre.
Seguir em direção a Ouro Fino.
Tranquilidade da montanha

Longe do agito da vizinha Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal está a 177 quilômetros de São Paulo e é o destino certo para quem gosta de tranquilidade. É uma cidade com o mesmo clima ameno da Serra da Mantiqueira, mas com menos turistas, repleta de lojas de artesanatos, cerâmicas e pousadas afastadas em meio à natureza. Na entrada da cidade, a estação ferroviária e o mirante são duas atrações à parte. Outro ponto forte de Santo Antônio é o Pico Agudo, com 1.700m de altura, que reúne praticantes de voo livre e oferece uma vista panorâmica da região.
» Onde ficar: Pousada Quinta dos Pinhais. Mais informações: www.quintadospinhais.com.br. Há também a possibilidade de alugar casas aos finais de semana. O site www.santoantoniopinhal.com.br disponibiliza uma lista de opções.
» Onde comer: Restaurante Fazenda Água da Capoeira, Rodovia SP-050 – km 150, Bairro Rio Preto
» Como chegar: De carro, pela Rodovia Fernão Dias (BR-381) no sentido São Paulo. Entre no viaduto de Pouso Alegre, sentido Itajubá pela Rodovia BR-459. Em seguida, à direita pela MG-173 no sentido Paraisópolis. A cidade não tem aeroporto próprio. O mais próximo é o de São José dos Campos, a 73 quilômetros de distância.
Boa gastronomia
São Francisco Xavier é um pequeno distrito da paulista São José dos Campos e está localizado entre as montanhas da Serra da Mantiqueira. O turismo no local foi crescendo em razão de seus encantos naturais como cachoeiras, rios, trilhas, montanhas, picos de altitude, fauna e flora preservadas. Um dos principais atrativos a cidade é sua gastronomia de qualidade. Há boas e variadas opções de pratos, tanto da comida típica do campo quanto dos pratos internacionais preparados por reconhecidos chefes de cozinha nacional. A música ao vivo na maioria dos espaços gastronômicos ajuda a esquentar as noites frias da montanha. Para quem curte altura, a cidade, que fica distante 495 km de Belo Horizonte, oferece três rampas de asa delta: a Rampa do Cruzeiro, Rampa do Max e a Rampa do Pontal.
» Onde ficar: Pousada Serra do Luar, Estrada Santa Bárbara, 6.789
» Onde comer: Restaurante e truticultura Serra das Águas, Estrada Bairro Santa Cruz, 1.800.
» Como chegar: De carro, seguir pela Fernão Dias até São José dos Campos. No Anel Viário, seguir as placas de indicação para a cidade. Há opções de ônibus nas rodoviárias nova e velha de São José dos Campos com destino ao distrito.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TURISMO