Peça discute conceitos filosóficos pelo olhar curioso de uma menina

Crianças observam o mundo e questionam tudo, assim como o filósofo faz com temas mais complexos

por Cecília Emiliana 23/07/2017 11:20
Fábio Audi/Divulgação
(foto: Fábio Audi/Divulgação)

O que crianças e filósofos têm em comum? O questionamento. De maneira espontânea, crianças observam o mundo que as cerca e perguntam sobre tudo, assim como o filósofo faz com temas mais complexos. A curiosidade e a busca por respostas são princípios que originaram o espetáculo infanto-juvenil 'A vida íntima de Babi', em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil.

A narrativa da peça dirigida por Renato Linhares se vale das aventuras de uma garota, a Babi, para discutir conceitos filosóficos. A cada peripécia da menina, o espectador tem a oportunidade de refletir sobre temas como autenticidade, conhecimento e liberdade à luz de filósofos de diferentes épocas. A garotada, no entanto, certamente vai se sentir em casa na plateia, garante Márcia Tiburi, artista e professora de filosofia que prestou consultoria à montagem.

“Um belo dia, a professora preferida da Babi se afasta do colégio em que ela estuda. Ela então decide procurá-la em vários lugares. Durante a jornada, se vê diante de incríveis mistérios, momentos transformadores e até grandes pensadores. A protagonista mostra pra gente como pensar é um ato lúdico, experimental, divertido e muito natural na juventude. Ao mesmo tempo, como a filosofia é um exercício brincante, que passa pelo pelo autoconhecimento”, diz a filósofa. Platão (428-347 a.C), Gertrude Stein (1874-1946), Virginia Woolf (1882-1941), Simone de Beuvoir (1908-1986) e Angela Davis são algumas referências do texto.

O espetáculo - cujo título foi inspirado em 'A vida íntima de Laura', obra de Clarice Lispector - preocupou-se ainda em propor reflexões sobre alteridade, conceito que define nossa capacidade enxergar e se colocar no lugar do outro. “O teatro é lugar do compartilhamento de ideias, sensações, emoções, das mais variadas. Acho que estar no mesmo lugar ouvindo histórias, conceitos e opiniões é um pequeno ato de amor e abertura nos dias de hoje”, destaca o diretor Renato Linhares.

A VIDA ÍNTIMA DE BABI

Direção: Renato Linhares.
Com Juliana França, Marília Nunes, Raquel Rocha, Thiago Miyamoto e Thierry Tremouroux.
No Centro Cultural Banco do Brasil (Praça da Liberdade, 450, Funcionários.
(31) 3431-9400).
Sextas e segundas, às 15h; sábados e domingos, às 11h e às 15h.
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).
Na bilheteria ou no site www.eventim.com.br.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE TEATRO