Teatro de BH recebe gravação do programa Saia justa

Edição do projeto itinerante vai ocorrer esta semana no teatro Bradesco, mas as inscrições já foram encerradas

06/08/2017 07:45
Eliana Rodrigues/GNT/ Divulgação
(foto: Eliana Rodrigues/GNT/ Divulgação)

O Saia justa vem falar uai. Após passar por Porto Alegre, Fortaleza, Brasília e Recife, o projeto itinerante do programa do GNT – que busca retratar nuances, pautas e a diversidade da mulher brasileira em diferentes regiões do país – será gravado esta semana no Teatro Bradesco, em Belo Horizonte.

“A ideia dessa iniciativa partiu do marketing do canal que queria levar o Saia para praças em que ele é muito bem-aceito. O Brasil é carente disso, dessa descentralização. Tudo fica muito focado no eixo Rio-São Paulo. É bacana essa coisa de sair por aí. Depois de BH, vamos para Campinas”, avisa a jornalista Astrid Fontenelle, que comanda a atração ao lado das atrizes Mônica Martelli e Taís Araújo e da cantora Pitty.

A apresentadora não vê a hora de aportar em terras mineiras para “dar um rolê” na cidade e provar nossos quitutes. “Chego no domingo (hoje) e a gente grava na terça. Vai dar pra curtir um pouquinho, saborear a culinária. Vou fazer algumas chamadas em pontos turísticos e uma pessoa da produção também vem antes para dar uma pesquisada nos termos e expressões mais usados pelos mineiros. Ao longo da gravação, fazemos brincadeiras com isso”, revela.

Os temas e os convidados do Saia justa mineiro por enquanto são segredo, mas Astrid adianta que haverá influenciadores da cidade participando. “Não necessariamente no palco. Mas tem algumas pautas e entrevistas específicas de BH”, pontua.

O programa que está completando 15 anos – estreou em abril de 2002 – é um dos de maior audiência do GNT. Para a jornalista, um dos pontos que podem explicar esse sucesso é o debate de questões tão presentes na vida das pessoas de forma mais acessível. “Com este projeto itinerante, percebemos como o programa é querido. Em Porto Alegre, por exemplo, as pessoas ficaram enlouquecidas. A gente parecia popstar. A Taís Araújo comentou dia desses que ela nunca imaginou que ia aprender tanto sobre sexo em um programa. Falamos de tudo (comportamento, saúde, política, relacionamento, vida profissional), de uma maneira mais popular, fácil. Há uma carência disso no Brasil”, acredita.

VETERANAS Astrid Fontenelle, que é uma das veteranas da atração ao lado de Mônica Martelli – as duas estão no Saia justa há cinco anos –, diz que tecnicamente está numa situação de líder, mas isso não significa que ninguém é mais importante do que a outra. “As quatro são apresentadoras; todas têm direito de falar. Acho que pelo fato de eu ser a mais velha, a mais experiente, talvez exista um respeito e tal. Mas todo mundo tem conteúdo e sabe falar sobre qualquer tema. Todos têm a mesma importância”, ressalta.

As inscrições para participar da gravação do Saia justa em Belo Horizonte já foram encerradas.

Saia justa em BH
Exibição dia 9 (terça), às 21h30
Canal GNT

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV