Série sobre deuses exibe impactante cena de sexo gay masculino

'Deuses Americanos' é adaptação do livro homônimo do escritor inglês Neil Gaiman

por Diário de Pernambuco 16/05/2017 09:19
Staraz/Reprodução
Na trama, o vendedor Salim (Omid) entra em uma taxi conduzido por Jinn (Mousa), um dos deuses. (foto: Staraz/Reprodução)
Uma cena de sexo gay exibida no domingo, 14, na série Deuses americanos (American gods) foi descrita pelo imprensa norte-americana como ''a mais erótica'' a ser veiculada na TV dos Estados Unidos em todos os tempos. A passagem foi protagonizada pelos atores Omid Abtahi e Mousa Kraish no terceiro capítulo da produção, cujo mote envolve antigos deuses vagando pela terra como seres humanos disfarçados. De acordo com eles, a cena precisou ser gravada duas vezes para obter um resultado satisfatório para os diretores.

Na trama, o vendedor Salim (Omid) entra em uma taxi conduzido por Jinn (Mousa), um dos deuses. Após conversas e desabafos sobre suas vidas pessoais, os personagens sentem uma conexão e partem para um quarto de motel, onde fazem sexo. O produtor executivo da série, Bryan Fuller, afirmou em entrevista ao TV guide que esta foi uma das cenas que ele estava mais animado para gravar por conta da ''beleza e do poder das metáforas contidas nela''.
 
''Foi uma oportunidade para nós desafiar a audiência a não virar os olhos para a beleza desta experiência para Salim. Queríamos fazer uma forma bonita, de uma maneira hipnótica. Nossa intenção era criar uma experiência positiva sobre o o sexo, não apenas para Salim mas para todos os homens que, como ele, têm uma noção corrompida do que é sexualidade por qualquer razão não podem expressar suas sexualidades verdadeiras'', apontou o produtor.

Deuses americanos é exibida nos Estados Unidos pelo canal Starz, mas chegou ao Brasil por meio da plataforma de streaming Amazon Prime. A série é uma adaptação do livro homônimo do escritor inglês Neil Gaiman e narra a história de Shadow Moon, um ex-presidiário que tenta reconstruir a vida em meio a uma série de infortúnios, como a morte da esposa. A caminho do funeral, ele conhece Mr. Wednesday, um deus da Antiguidade que está articulando uma guerra contra deuses contemporâneos e lhe oferece um emprego.

Assista ao trailer:
 
 
RENOVADA 
Apesar da polêmica cena, a Amazon anunciou que a série foi renovada para a segunda temporada. De acordo com a plataforma de streaming, a produção é uma das série mais vistas no Brasil pelo serviço. ''Estamos muito animados em poder levar uma segunda temporada desta fascinante história de Neil Gaiman aos fãs em todo o mundo'', comentou Tim Leslie, vice-presidente internacional do Prime Video. ''É uma produção de entretenimento incrível e já estamos ansiosos pela próxima temporada. 
 
Embora esteja disponível em uma plataforma sob demanda, os episódios são liberados aos poucos, semanalmente, às segundas. Disponível no Prime Vídeo a um preço inicial mensal por tempo limitado de USD 2.99 e USD 5.99 após este período. Os assinantes podem assistir pelo aplicativo Prime Video para Android e iOS em tablets e smartphones, por meio de smart TVs LG e Samsung, TV Android da Sony e também online pelo site PrimeVideo.com. Além disso, os membros do serviço também podem assistir Deuses americanos em vários idiomas, incluindo português, inglês, espanhol, francês e italiano, com legendas disponíveis.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV