Netflix confirma segunda temporada de '13 reasons why'

Série sobre suicídio de uma adolescente levantou polêmica ao tratar do tema

por Diário de Pernambuco 08/05/2017 08:49

A Netflix confirmou a segunda temporada da serie 13 reasons why, fenômeno televisivo sobre a historia de uma garota suicida e as fitas deixadas por ela para explicar por que decidiu tirar a própria vida.

Netflix/Divulgação
A atriz Katherine Langford está no elenco (foto: Netflix/Divulgação)
 

O anúncio oficial foi feito através de um vídeo curto postado tanto pela página oficial do seriado e do serviço de streaming nas redes sociais quanto no perfil oficial do Instagram da cantora Selena Gomez, produtora-executiva do programa. A atriz Katherine Langford (intérprete de Hannah Baker) está confirmada na nova fase.

No vídeo, são apresentadas apenas imagens dos cenários vazios onde transcorreu a primeira temporada, com uma música ambiente de fundo. Lançada no início do mês passado, a série 13 reasons why causou controvérsia entre telespectadores e pessoas ligadas à área de saúde mental ao tratar do suicídio - especialmente por conta das cenas explícitas da morte da protagonista, encarada por alguns como espécie de glamourização do problema.

Entenda a criação e a proposta da atração:
Na Nova Zelândia, a série recebeu classificação indicativa para pessoas acima de 18 anos. Os protagonistas e a Netflix têm rebatido as críticas ao enfatizar a necessidade de apresentar cenas fortes para gerar reflexão. Na passagem pela Comic Con Tour Nordeste, no mês passado, no Centro de Convenções, três atores salientaram o caráter conscientizador do programa e reforçaram o trabalho de consultoria de uma instituição de saúde durante as gravações.

Segundo a atriz Alisha Boe (intérprete da personagem Jéssica), o seriado tem sido exibido nas escolas com a proposta de promover debates sobre os temas abordados nos episódios, como bullying, sexismo, misoginia, violência física, psicológica, omissão escolar e familiar. Em postagem no Facebook, o psiquiatra Luiz Fernando Tófoli, doutor pela Unicamp, fez 13 alertas sobre os possíveis efeitos da série, sobretudo, em pessoas vulneráveis. O Ministério Público da Paraíba chegou a recomendar boicote ao seriado.

A historia é narrada a partir do ponto de vista de Clay Jensen (interpretado pelo ator Dylan Minnette), garoto apaixonado por Hannah Baker (Katherine Langford) e um dos amigos dela. O seriado se inspira em livro homônimo lançado há dez anos, adaptado para a TV pelo best-seller Bryan Yorkey.

Veja a postagem da Netflix com a confirmação de renovação da série:

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV