BBB17: após vitória de Emilly, Marcos agradece 'a todos' do reality

Cirurgião que foi expulso do jogo depois de uma briga em que encurralou a sister e apontou o dedo em seu nariz afirma ter 'de certa forma' aprendido a 'lidar com as diferenças'

por Estado de Minas 14/04/2017 00:37

Logo após o anúncio da vitória de Emilly, de 20 anos, com 58% dos votos,  no BBB17, o cirurgião plástico Marcos Harter, de 38, expulso da casa na segunda, 10, a quatro dias da final, por tê-la agredido durante uma briga na madrugada de domingo, 9, postou em seu Twitter um agradecimento "a todos os participantes" do reality.

Confira o tuíte de Marcos Harter:

 

A presença de Marcos na final havia sido praticamente descartada pelo apresentador Tiago Leifert, em resposta a uma pergunta de Emilly, no programa de terça, 11, que ele apresentou dentro da casa. Quando a gaúcha perguntou se todos os demais participantes do programa estariam na última transmissão, Leifert disse acreditar que Marcos não. No entanto, o cirurgião se juntou aos demais brothers no último dia do programa.

Marcos responde a inquérito aberto no Rio de Janeiro para apurar a ocorrência de lesão corporal durante o episódio, e Emilly deve depor na segunda-feira, 17. Emilly deve depor na próxima segunda, 17, na causa que investiga a existência de lesão corporal na briga dela com Marcos que resultou na expulsão do cirurgião. 

Na discussão entre Marcos e Emilly que resultou na expulsão do cirurgião, ele se irritou e perdeu o controle, encurralando Emilly contra a parede, depois de ser pressionado pela namorada a dizer, na frente de Vivian, para quem era sua torcida no jogo.

A poucas horas do início do programa, a família de Marcos declarou torcida por Vivian, acentuando ainda mais a discórdia em torno do relacionamento do casal e revoltando a torcida de Emilly. Durante o confinamento, a conta oficial de Marcos no Twitter chegou a promover a campanha "Fora, Emilly", num dos quatro paredões aos quais a gêmea foi indicada.  

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV