BBB17: Emilly fica arrasada com expulsão de Marcos

Ao saber da decisão do programa, gaúcha chorou e se lamentou; ela foi consolada por Vivian e Ieda, que deram apoio e carinho para a sister

por Estado de Minas 10/04/2017 22:30

Globo/Divulgação
Ieda, Emilly e Vivian, do BBB17 (foto: Globo/Divulgação)

No edição desta segunda, 10, do BBB17, o anúncio da expulsão do cirurgião plástico Marcos, de 37, do jogo, por agressão a Emilly, de 20, deixou a sister arrasada.

 

O apresentador Tiago Leifert anunciou, na abertura do programa, que esse foi "um caso que a gente analisou profundamente. O caso foi concluído agora há pouco. Como na vida, as decisões fortes, firmes precisam ser tomadas quando os fatos justificam. A gente envolveu advogados, psicólogos. Ficaram comprovados indícios de agressão física", disse Leifert, referindo-se à discussão que Marcos teve com Emilly na festa do domingo, 9, quando ele encurralou a sister.

 

Ao fazer contato com a casa, Leifert disse: "Preciso ter uma conversa séria com vocês três. A gente estava já há alguns dias muito preocupado com o comportamento do casal. A gente conversou com vários especialistas, ouviu muita gente. As decisões têm que ser tomadas com muita paciência, sob o risco de ser injusto.  A delegacia da mulher esteve aqui com a gente e eles concluíram que há indícios de agressão naquela última festa. Por isso a gente decidiu tirar o Marcos do programa. Ele foi eliminado. Ele não está mais no programa. Queria dizer para você, Emilly, que, nesses casos, a nossa casa está envolvida num contexto maior, que é o contexto da lei. Nas imagens que a gente viu, não há necessidade de você nos procurar para reclamar. A gente está prestando auxílio ao Marcos nesse momento difícil. Eu queria estar aí agora para te dar um abraço", disse.

 

Emilly chorou muito, e Leifert decidiu falar "pessoalmente": "Eu acho que o Marcos tinha perdido a capacidade de competir, de se divertir. Quando a pessoa perde o espírito esportivo, a gente achou por bem que estava na hora de fazer alguma coisa. Espero que você compreenda".

 

Chorando muito, Emilly repetia:"Por que isso está acontecendo?" Vivian e Ieda então passaram a consolá-la. "Eles impediram que o pior acontecesse. Talvez se ele tivesse ficado mais ele teria perdido mais o controle", disse Vivian.


Emilly repetia: "Isso não está acontecendo. Eu não acredito."

Vivian argumentava: "Juridicamente falando, eles querem evitar que coisas que acontecem diariamente lá fora acontecessem aqui dentro. Pensa assim: eles não deixaram que algo pior acontecesse. Você não estava enxergando. Talvez o seu pai esteja mais tranquilo".

 

Emilly tentava justificar o comportamento de Marcos: "Ele só perdeu um pouco a cabeça. Não, ele não... Mas que saco! Por que isso está acontecendo? Ele estava nervoso. Ele não ia fazer nada contra mim."

Globo/Divulgação
Emilly chora ao saber da expulsão (foto: Globo/Divulgação)
E Vivian apresentava mais argumentos: "Agressão é tão abrangente. Essa coisa de enfiar o dedo na cara. Infelizmente, ele tinha essa mania. Talvez ele estivesse invadindo um pouco o seu espaço, sem tu perceberes". Ieda apontou um hematoma no braço de Emilly: "Isso aqui é agressão."

Percebendo que Emilly estava preocupada com Marcos e inconsolável, Vivian disse: "Ele é bem assessorado. Será que na conversa com a psicóloga ele mesmo não sugeriu que era melhor ele sair?" Ieda fazia coro: "Tudo vai passar. Nada é para sempre".

Emilly contou então o que tinha dito na conversa com a produção: "Eu falei para eles  que eu ia conversar com ele quando a gente saísse. Eu não queria falar sobre issoa qui, porque eu tinha medo de prejudicar ele. Eu disse para eles que eu não ia mais retrucar ele. Que eu ia ficar quietinha".


Globo/Divulgação
Marcos é chamado ao confessionário para ser expulso (foto: Globo/Divulgação)
Vivian argumentou mais uma vez:  "O Marcos é bem grande. Ele é responsável pelos atos dele. Ele não vai te culpar por isso. Não cabe a ti essa decisão. Não cabe. Não vai levar muito tempo para vocês poderem conversar. Pensa na tua família. Para eles não deve ser fácil ver isso". 


Após essa conversa, Leifert voltou e anunciou que as três são as finalistas do programa e que a votação será aberta nesta terça, 11. Ele elogiou a atitude de Vivian e Ieda e agradeceu as sisters por cuidarem de Emilly. "É uma honra para mim daqui a alguns dias entregar o prêmio para uma de vocês. Estou muito emocionado de falar isso. É muito oportuno ter três mulheres incríveis na final. Emilly, prometo para você que vai ficar tudo bem. Eles estão aliviados que tudo foi resolvido da melhor forma possível", disse, referindo-se à família da sister, com quem ela manifestou preocupação. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV