BBB 17: Jogo da Discórdia leva ex-BBBs para a casa e deixa clima tenso

Daniel, Rômulo, Roberta e Pedro voltaram ao BBB17 para lavar a roupa suja com os brothers que ainda estão no jogo

por Estado de Minas 04/04/2017 09:40
Rede Globo/Reprodução
Ilmar se emociona ao mandar recado para o filho. (foto: Rede Globo/Reprodução)
A noite desta segunda-feira, 03, foi tensa na casa do Big Brother Brasil 17. O Jogo da Discórdia trouxe de volta os quatro últimos eliminados do reality - Daniel, Rômulo, Roberta e Pedro - para fazerem perguntas aos seis confinados que ainda continuam na disputa, o que mexeu bastante com os ânimos da casa. 

Tudo começou com sorteio para determinar quem iria perguntar para quem. Sendo assim, ficou organizado que Daniel pergunta para Marcos, Roberta a Marinalva e Ieda, Pedro a Ilmar e Emilly, e por fim, Rômulo questiona Vivian. 

Daniel começou, perguntando a Marcos sobre Emilly não ter dado o Anjo para ele. ''Por que você acha que ela não te deu o Anjo quando eu fui Líder e não te coloquei no Paredão?'', perguntou o agente de trânsito. ''Eu acho que foi para não ser indicada ao Paredão'', respondeu o médico, sucinto. 

Então, foi a vez de Roberta perguntar a Marinalva. ''Como que você se sentiu quando, na discussão que você teve com Marcos hoje, ele colocou o dedo na sua cara?'', perguntou a estudante. ''Me senti extremamente acuada. Como se eu pudesse levar um soco na cara'', respondeu a paratletla. Durante a resposta de Marinalva, Marcos a interrompeu e a sister disse para ele ficar quieto. O clima foi ficando cada vez mais tenso. Ao comentar a resposta, Roberta afirmou que a atitude de Marcos com Marinalva foi extremamente agressiva e desnecessária. 

Pedro, então, pergunta a Ilmar: ''Você disse que eu subestimei a Emilly no meu Paredão. Será que agora você não fez o mesmo quando ela te colocou na berlinda contra o seu melhor amigo?'', questionou. ''Eu não disse que o Pedro subestimou a Emilly. Eu disse que ele subestimou os adversários dele. Na verdade, ela só me comprovou que ela é capaz de colocar dois amigos no Paredão para atingir o objetivo dela, que é ser a campeã do BBB'', respondeu o emparedado. A discussão começou quando Emilly interrompeu a resposta do brother. ''Há quarenta dias nós estávamos os três estávamos tentando não ir para o Paredão juntos. Quando eles dizem que eu me aproximei de Marinalva, Ieda e Vivian para não ser votado, a minha forma de responder é pedir para ela me colocar no Paredão. Isso só comprova que ela é capaz de tudo, inclusive colocar dois irmãos no Paredão'', comentou Ilmar. 

Emilly teve direito a réplica. ''Ilmar é um traidor, uma pessoa falsa. Uma pessoa que grita, quase agride uma mulher. Isso é uma pessoa que nem respeita as mulheres'', disse. Ilmar respondeu que sempre foi leal a Marcos e que sua consciência está tranquila. ''Eu me aproximei dela por causa do Marcos'', disse. 

Na vez de Rômulo perguntar a Vivian, o diplomata questionou sobre o posicionamento da sister dentro da casa ante os últimos acontecimentos. ''Hoje para mim foi um divisor de águas. Até então a gente estava tentando manter uma convivência melhor. Depois da briga de hoje, eu fiquei bastante assustada e decepcionada porque eu não imaginei que o Marcos fosse apontar o dedo na cara da Mari [Marinalva] e da Mama [Ieda]. A partir do momento em que alguém aponta o dedo para a cara de uma mulher, as outras mulheres também se irritam'', respondeu a manauara. Exaltados, Marcos e Emilly interromperam a resposta da sister e afirmaram que ninguém ficou ofendido quando Ilmar chamou Emilly de ''verme'', e os dois ainda disseram que o Jogo da Discórdia era para afetá-los diretamente. Durante a réplica, Marcos disse que nunca ''bateu e jamais bateria em uma mulher''. O brother ainda falou que, dentro da casa, sua sobrevivência está sendo como a de um ''animal selvagem''. 

Então foi a vez de Roberta fazer uma pergunta para Ieda. ''O que você acha do sentimento entre Marcos e Emilly?''. A aposentada disse que a relação entre os dois é de interesse e comentou sobre a solidão que sente dentro da casa por ser a mais velha do grupo. ''A gente necessita estar perto de alguém'', disse. Marcos, então, se posicionou sobre sua relação com Emilly. ''Eu acho que isso não cabe a Ieda julgar. O que eu sinto pela Emilly é o que eu sei. Eles não têm no que se meter'', comentou, dizendo que a aposentada já tinha dado um selinho em Ilmar. Os dois ironizaram a crítica e deram mais um beijo, ao vivo. 

A última pergunta foi de Pedro para Emilly. ''Qual é o limite para o seu relacionamento com Marcos?'', questionou o jornalista. ''O que eu sinto por ele é muito forte. O limite, eu não sei. Talvez se ele me traísse, me ofendesse. Ele teria de fazer alguma coisa muito grave'', respondeu a gêmea. 

Mas o jogo não havia acabado. Emilly pediu para comentar a fala de Ilmar e criticou o fato de que o brother se sente como o grande vitorioso do jogo. ''É o público que manda'', comentou a sister. Ilmar, então, teve o seu direito de resposta e, abalado, mandou um recado para o filho, Igor. Respondendo ao boato de que a polícia teria ido a casa do BBB17 para conversar com o brother sobre pensão alimentícia, Ilmar disse que, seu maior bem, foi ter deixado tudo para o filho depois da separação e, por fim, pediu desculpas a sua ex-mulher.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV