Telespectadora chama Record de 'lixo' ao vivo e discute com apresentador; assista

Apresentador discutia sobre a saída da Record, do SBT e da RedeTV da grade programação de três grandes operadoras de TV por assinatura

por Diário de Pernambuco 30/03/2017 10:51
Record/Reprodução
O pastor entrou na discussão, questionando o motivo dela estar assistindo a Record (foto: Record/Reprodução)

Uma mulher causou momentos de desconforto na Record ao xingar a emissora durante um programa ao vivo. O apresentador, o pastor da Igreja Universal Guilherme Grando, discutia sobre a saída da Record, do SBT e da RedeTV da grade programação de três grandes operadoras de TV por assinatura no Brasil no Fala que eu te escuto durante a madrugada da última quarta-feira (29) e estava ouvindo a opinião dos telespectadores por meio de ligações.


Uma telespectadora, identificada como Bianca Figueiredo, de Belo Horizonte, ligou para o programa e começou a criticar a emissora, chamando a programação de "repetida", "lixo" e afirmando que "vocês estão desesperados". "Então, Guilherme, já que é para dar a minha opinião eu vou ser bem sincera. Eu dou graças a Deus que esse lixo de Record, de sei lá mais o que, vai sair do ar. Sinceramente, eu não assisto a Record, estou aqui dando a minha opinião porque acho que vocês estão desesperados", disse ela.

O pastor entrou na discussão, questionando o motivo de ela estar assistindo a Record. "Bianca, você já vai concluir sua opinião, porque aqui é Fala Que eu Te Escuto. Você disse que não assiste a Record, mas está ligando para cá. Será que a gente trocou de emissora aqui? Esse programa está sendo exibido na HBO, na Globo, em outra emissora?". Bianca, então, rebateu afirmando que estava passando e decidiu expor a sua opinião.

"Não, meu amigo. Eu por acaso coloquei aqui [na Record] para dar a minha opinião. Para mim vocês estão todos desesperados, isso é tudo teatro. Para mim é tudo lixo! Eu não gosto, é uma programação repetida, não tem qualidade. É a minha opinião, sinceramente. Para mim tanto faz, tenho a minha TV paga e prefiro muito mais. Estou ligando para dar a minha opinião, vocês estão querendo chamar a atenção", disparou a mulher.

O apresentador respondeu afirmando que o programa estava discutindo o direito dos consumidores e não qualidade das emissoras em questão: "A questão não é se você assiste Record, SBT, ou não, porque eu também quase não assisto televisão. A questão é que estão violando um direito do consumidor. Se você não se sente desrespeitada, se você é uma pessoa que acha que não tem problema, que pode passar a gente para trás que a gente gosta, tudo bem, a gente respeita isso. Mas existem outros brasileiros que se amparam no Código de Defesa do Consumidor".

Depois de prolongar a conversa por alguns momentos, Guilherme Grando disse que a ligação havia caído e pediu para que a produção entrasse em contato com Bianca para verificar se ela tinha mais alguma opinião. Para concluir o tema, ironizou: "Às vezes, enquanto o pai está pagando, a filha está tomando leitinho".

Assista ao momento:



ENTENDA O CASO

Com o apagamento do sinal analógico de televisão em São Paulo, Record, SBT e RedeTV! não são mais obrigadas a se manter na grade de programação da Claro, Sky e Net - operadoras de TV a cabo - de forma gratuita. Dessa forma, as emissoras afirmaram querer negociar uma fatia da receita gerada pela exibição mas as empresas teriam sido "intransigentes". Dessa as emissoras se uniram e anunciaram a criação da Simba Content, uma joint venture elaborada para negociar e promover a volta da programação para a TV fechada.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV