BBB 17: Ex de Emilly diz que sister mente para virar 'coitadinha'

Kayke Almeida postou em seu Instagram nesta quinta-feira, 16, sobre as declarações da confinada dentro da casa de que teria sido abandonada pelo namorado quando ele soube que a mãe dela tinha câncer

por Estado de Minas 16/03/2017 15:27

Reprodução/Instagram
Emilly passou o Natal com a família de Kayke (foto: Reprodução/Instagram)
Kayke Almeida, ex-namorado de Emilly, do Big Brother Brasil 17, se pronunciou sobre algumas declarações da sister dentro da casa. Em seu perfil no Instagram, nesta quinta-feira, 16, ele esclareceu a história em que ela disse, durante conversa com Ieda, que Kayke a abandonou quando descobriu que sua mãe estava com câncer.

 

"Só quero deixar muito claro e esclarecer uma notícia mentirosa que saiu sobre minha pessoa e, devido a isso, venho recebendo críticas de pessoas mal informadas. Nunca abandonei ninguém e muito menos deixei de dar apoio", afirmou ele. 

 

Kayke disse que a ex-namorada passou o último Natal junto com ele e sua família, e para comprovar, mostrou um post feito pela própria Emilly na ocasião. "Essa pessoa que fez essa falsa declaração passou o Natal em minha casa, com minha família, enquanto a mãe já estava internada em estado grave", entregou ele. 

 

"Eu e meus pais que compramos uma passagem aérea para essa mesma pessoa para Porto Alegre no dia 25/12/2016. Inclusive, foi preciso conversar com ela para convencê-la a ir ficar com a mãe, pois ela insistia em dizer que queria ficar em São Paulo. Naquele momento combinamos que ela iria ficar próxima da família e dar o suporte necessário. Depois, fui para lá dar apoio a ela e à sua família. Terminamos nosso envolvimento na véspera de ela entrar no programa, devido a outros problemas", explica o rapaz. 

 

Indignado, ele acusou a gêmea de estar tentando manipular o público: "Jamais abandonaria alguém por motivo de doença de quem quer que fosse. Se essa pessoa quer passar uma imagem de coitadinha, que não me envolva no meio e nem distorça os fatos", disparou ele, que ainda revelou estar sofrendo ataques nas redes sociais. 

 

Em conversa com o EGO, Kayke explicou o motivo de não ter se manifestado antes sobre as declarações da sister: "Não tinha falado nada até agora porque não queria vincular minha imagem a essa pessoa. Isso porque, infelizmente, ela só tem trazido coisas ruins, graças ao tipo de pessoa que está sendo lá dentro. Mas, agora, realmente cheguei ao meu limite. Saíram mais coisas mentirosas sobre a minha pessoa e a minha família", disse. 

 

"Não tenho mais nada a declarar além do que eu já falei, porque a partir do momento em que ela entrou lá dentro, a gente já não tinha mais nenhum tipo de relacionamento", completou Kayke, que também alega que os dois estavam juntos havia três meses e não seis meses, como a sister declarou. 

 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV