BBB17: Gabi Flor agradece por sua eliminação no paredão contra Marcos

Aparentando estar aliviada, a sister disse: 'Não tenho palavras. Estou muito feliz de estar saindo'

por Estado de Minas 31/01/2017 23:25

Paulo Belote/Divulgação
A bailarina Gabi Flor (foto: Paulo Belote/Divulgação)

A bailarina e instrutora de Pilates baiana Gabi Flor, primeira eliminada do BBB17, demonstrou alívio e felicidade com sua eliminação, na noite desta terça, 31. “Obrigada. Não tenho palavras. Estou muito feliz de estar saindo”, afirmou, já do lado de fora da casa e depois de ter sido abraçada por seus familiares.

O apresentador Tiago Leifert afirmou que o BBB “é um jogo pesado, em que você se sente sozinho, você perde suas referências” e disse que a baiana de 27 anos é “sensibilidade pura”. Dirigindo-se à família da bailarina, insistiu: “Cuidem dessa flor, cuidem dessa flor”.

Durante o programa, Leifert perguntou para a sister a que ela atribuída sua indicação (pela casa, com total de sete votos) ao paredão. “Logo que entrei, não estava me sentindo muito bem. Fiquei na minha nos primeiros dias, para não ser uma companhia desagradável”, disse ela, acrescentando que sua atitude foi percebida como sendo de uma pessoa chata. “Como a gente está no jogo, usaram esse argumento (contra ela). Foi um momento meu. Passou.”

Já o cirurgião plástico Marcos usou sua oportunidade para defender sua permanência. “No decorrer da minha vida, lidei com situações difíceis _morte, pessoas perdendo familiares por não ter dinheiro para o tratamento. Fugi um pouco de dar más notícias. É uma das cosias que vim buscar aqui. Vim buscar o crescimento. Vim buscar uma coisa que, por incrível que pareça, é maior que o prêmio de R$ 1,5 milhão.”

Marcos foi indicado pelas líderes Mayara e Vivian. A reação de espanto de ambas com o resultado da votação popular tornou-se meme na internet rapidamente. Na abertura do programa, Lifert atribuiu ao “individualismo” de Gabi sua ida ao paredão. Quanto a Marcos, classificou-o como frio e misterioso e disse que “a casa tem dificuldade de entender o jogo dele”. 



Em seguida, houve um bloco “Galã de Humanas”, no qual foram incluídos Ilmar, Pedro e Rômulo. Já Mayara & Vivian foram retratadas como “dupla sertaneja”, com a produção estabelecendo faixas como trilha sonora para os diálogos das líderes.

Os “emparedados” foram entrevistados por Leifert. Gabi afirmou que a participação na casa foi uma “experiência única” e se disse “muito grata e feliz por representar a Bahia”. Já o doutor Marcos pediu para saber seus batimentos por minuto (“entre 93 e 97”, foi a resposta de Leifert) e ele mesmo concluiu: “Não é taquicardia”. Afirmou ainda estar “preparado para ficar.”

Ao perfilar os “emparedados”, Gabi Flor foi chamada de “espécie exótica”. Doutor Marcos, apresentado como Doctor Heart, recebeu a classificação de um sujeito misterioso. Em seus diversos momentos na casa, foi mostrado como sendo atencioso por um lado; por outro, excessivamente atirado na abordagem às mulheres.

A votação foi declarada encerrada às 22h46, quando Leifert anunciou a Gabi Flor e Marcos que suas famílias estavam do lado de fora e que quem saísse iria ser recebido pelos parentes, portanto.

No último bloco, Leifert pediu às famílias um recado para os candidatos. A família de Gabi mandou dizer que ela é muito amada. A de Marcos expressou orgulho por “essa pessoa verdadeira e íntegra que ele é”. Ao receber o recado transmitido por Leifert, Gabi esteve perto de uma crise de choro.

Em diálogo com o brother Pedro, que é gamer profissional, Leifert falou sobre jogadores que assumem um papel diferente de si mesmos e sobre aqueles que são incontroláveis no jogo. Depois, classificou a conversa como uma “metáfora”.
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV