Grupo protesta pela volta de apresentador que ofendeu Ludmilla

Marcão Chumbo Grosso foi afastado do programa e suspenso depois de ofender a cantora ao vivo

por Diário de Pernambuco 26/01/2017 12:30
YouTube/Reprodução
Os manifestantes levaram placas e subiram em um carro para realizar o protesto. (foto: YouTube/Reprodução)
Um grupo de pessoas se reuniu na frente da filial da Rede Record em Brasília para pedir a volta de Marcão Chumbo Grosso ao comando do Balanço geral DF, da Record TV. O apresentador foi afastado do programa e suspenso depois de chamar a cantora Ludmilla de ''pobre'' e ''macaca'', ato que repercutiu negativamente em todo o país e reacendeu o debate sobre o racismo. A artista publicou um desabafo nas redes sociais e disse que vai processá-lo. 

Os manifestantes levaram placas e subiram em um carro para realizar o protesto. ''Brasília precisa de pessoas como você, Marcão, que não tem medo de falar a verdade, que enfrenta esses políticos corruptos, que pegam nosso dinheiro, não colocam médico nos hospitais. Precisamos de pessoas como você pra falar na mídia o que acontece em Brasília de verdade, o que acontece com o povo'', gritava uma mulher no alto-falante. ''Volta Marcão'' era uma das outras coisas que eles gritavam, em coro.  

Depois da repercussão negativa, o apresentador se desculpou mas negou que tenha sido racista. '''Não cometi ato racista. Eu disse, 'a Ludmilla, que já foi pobre macaca, assim como eu, não quer atender os seus fãs'. A expressão 'pobre macaca' quer dizer pessoas que eram pobres e conseguiram subir na vida. Ela era pobre, subiu na vida, e hoje não dá valor para os seus fãs'', disse ele em entrevista para o programa Timeline, da Rádio Gaúcha. 

Em nota, a emissora afirmou que não compactuava com a atitude de Marcão. ''A Record TV vem a público lamentar os transtornos causados à cantora Ludmilla, sua família e seus fãs motivados por um comentário feito pelo apresentador Marcão no Balanço geral DF. A Emissora repudia qualquer ato dessa natureza e afirma que este tipo de conduta não está na linha editorial de nosso Jornalismo. Por este motivo, a Record TV Brasília optou por rescindir o contrato do apresentador Marcão'', dizia o comunicado. 

Assista ao protesto:
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV