Roda Viva utiliza música antiga na abertura após solicitação de Chico Buarque

A TV Cultura cumpriu a exigência dos advogados do cantor e relembrou aberturas para comemorar 30 anos do programa

por Agência Estado 29/11/2016 15:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Reprodução/Facebook
O Ministro da Cultura foi o convidado da vez (foto: Reprodução/Facebook)
A TV Cultura cumpriu a exigência dos advogados de Chico Buarque de Hollanda e não utilizou a música do compositor na abertura do Roda Viva, exibido na noite desta segunda-feira, 28. Ao longo do programa, vinhetas de diferentes épocas foram utilizadas.

"Para marcar os 30 anos do programa, vamos relembrar hoje algumas das aberturas do Roda Viva", disse, no início da transmissão, o apresentador Augusto Nunes. A Cultura havia anunciado a medida no dia 23 de novembro - mesmo dia em que os advogados do músico entraram com a solicitação extrajudicial.

 

O convidado da vez, o ministro Roberto Freire, opinou sobre a atitude do cantor e compositor com a petição de retirada da música, devido a linha editorial que o programa adotou, e disse que faz parte de um "crescente processo de intolerância". 

 

Confira abaixo o programa na íntegra: 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV