Stranger Things é renovada e vídeo mostra referências da série em produções dos anos 1980

Cenografia, figurino e referências que vão do cinema à música envolvem o público em uma viagem no tempo

por Diário de Pernambuco 25/07/2016 13:40

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Winona Ryder é protagonista de atração da Netflix
Netflix/Divulgação (foto: Winona Ryder é protagonista de atração da Netflix)

Winona Ryder, elenco mirim incrível, ode aos anos 1980, narrativa com bons ganchos, ficção científica, edição primorosa e sonoplastia fundamental para o clima de terror. Os elementos são alguns dos atrativos para se entreter com a primeira temporada de Stranger things, disponível no catálogo da Netflix desde a última sexta-feira. Mesmo antes da estreia, o serviço de streaming anunciou a encomenda da segunda temporada, prevista para 2017.

É a típica série que facilmente dá para assistir em maratona. Uma pausa no suspense e terror, os oito episódios da produção propiciam um clima nostálgico. Cenografia, figurino e referências aos sucessos dos anos 1980 - do cinema à música - envolvem o público em uma viagem no tempo. Mesmo com o cansaço nos dois últimos episódios, a produção é intrigante e vale ser acompanhada, sobretudo pelos fãs de narrativas de suspense. Entre as referências presentes, ET e Os Goonies.

A série marca uma retomada da carreira de Winona Ryder, estrela dos anos 80 e 90. A atriz interpreta Joyce, uma mulher divorciada e mãe de dois filhos que se desespera quando o caçula, Will Byers, desaparece. Ela está em ótima performance. Winona mostra fragilidade e fortaleza ao mesmo tempo.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV