Haitianos que moram no Brasil gravam vídeo em repúdio à matéria de Luciano Huck

Grupo disse que reportagem retrata apenas aspectos negativos da nação caribenha

por Agência Estado 21/06/2016 19:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/TV Globo e Reprodução/Youtube
(foto: Reprodução/TV Globo e Reprodução/Youtube)

Luciano Huck, da Rede Globo, foi alvo de críticas de haitianos que moram no Brasil. Um grupo de imigrantes que reside em Curitiba gravou um depoimento ao fotojornalista Brunno Covello e a alunos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), no qual repudia a matéria sobre o Haiti veiculada em 5 de junho na emissora, durante intervalo da partida entre os dois países pela Copa América, por retratar apenas aspectos negativos da nação caribenha.

Outro motivo de descontentamento dos haitianos foi um comentário de Huck, que disse que, depois da visita, concluiu que "a humanidade não deu certo". As imagens mostram exclusivamente o bairro de Cite Soleil, na capital Port-au-Prince, que enfrenta graves problemas sociais. Algumas das cenas gravadas seriam de 2004, quando o Haiti vivia o auge de sua instabilidade política, e de 2010, ano em que o país foi alvo de um terremoto.

No depoimento, os haitianos afirmam que Huck, mesmo que sem querer, prejudicou o turismo do Haiti, que nos últimos anos dá sinais de recuperação. Um deles mandou o recado: "Somos humanos antes de ser haitianos ou brasileiros".

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV