Confira dicas preciosas e ao alcance de todos para entrar no ritmo em 2017

Fevereiro vem aí e para quem ainda não começou a se exercitar (já perdeu um mês!) e para dar aquele empurrão para quem prometeu praticar alguma atividade este ano, Eduardo Netto, diretor técnico da rede de academias Bodytech, contribui com dicas preciosas e ao alcance de todos.

por Lilian Monteiro 02/02/2017 20:27

Emerson Lima/Divulgação
Eduardo Netto, diretor técnico da rede de academias Bodytech, orienta escolher uma atividade física que proporcione prazer (foto: Emerson Lima/Divulgação)
 

 

1) Tempo: dizer que não tem tempo para praticar exercícios é desculpa. Defina prioridades e marque o horário do treino na agenda como se fosse um compromisso de trabalho.

2) Hábito: nas primeiras semanas você precisa se obrigar a cumprir um programa pré-estabelecido. Siga a mesma rotina e treine no mesmo horário do dia. Faça mudanças na agenda somente depois de três meses. Caso contrário, aumenta muito o risco de abandonar a rotina. Depois que o hábito estiver estabelecido, pode ter um pouco mais de flexibilidade na agenda.

3) Dormir: durma mais cedo e aproveite mais sua noite de sono. Consequentemente, acordará mais cedo, se alimentar melhor e começar aos poucos a acrescentar uma rotina de exercícios físicos seja de manhã, na hora do almoço ou à noite.

4) Queima: reserve pelo menos 30 minutos do seu dia, que devem ser dedicados à melhoria do seu condicionamento físico.

5) Planejamento: incluir a atividade física na agenda depende de um bom planejamento. Verifique com antecedência o horário do dia em que você sabe que geralmente tem disponibilidade.

6) Desânimo: quando bater aquela preguiça e falta de motivação, vá à academia nem que seja para conversar, trocar ideias e ver os amigos. O importante é que o horário do treino se torne um hábito.

7) Altere os treinos e sua rotina de exercícios: seu organismo precisa de novos desafios e o mesmo ocorre com sua mente. Experimente um estímulo diferente, busque praticar atividades diferentes, divertidas e desafiadoras.

8) Experimente o cross training: uma combinação do treinamento aeróbico e força. Em vez de correr na esteira ininterruptamente por 30, 40 minutos, considere correr por apenas 15 minutos e, em seguida, realize exercícios de força na sala de musculação antes de voltar novamente para a esteira.

9) Curta sua trilha sonora predileta: a música é um motivador fantástico e tem um efeito positivo no cérebro: faz com que suas emoções respondam favoravelmente ao exercício.

10) Escolhas: encontre uma atividade física que proporcione a você algum tipo de prazer e desafio.

11) Alimentação: que seja saudável, tenha na geladeira apenas alimentos nutritivos e evite comprar produtos que possam prejudicar a dieta.

12) Saúde: o hábito de praticar exercícios nos traz inúmeros benefícios: regulação do apetite, aumento da disposição, energia e, talvez, o maior benefício de todos, a garantia de dever cumprido.

13) Otimismo: esteja preparado para possíveis barreiras e dificuldades. Ter consciência disso lhe permitirá aceitar esses transtornos como parte do caminho e fazer a vida voltar a 
fluir na direção certa.

VÍDEOS RECOMENDADOS