Conheça técnica de massagem que traz qualidade de vida, saúde e harmonia

Bioterapia é indicada para zerar os estresses do ano que acabou e se preparar para 2017

por Lilian Monteiro 25/01/2017 07:00

Mais um ano se passou, e para muitos 2016 foi bem duro e com uma carga pesada demais. Alguns conseguem abstrair, passar sem tantos atropelos, mas outros deixam refletir na face o quanto foi difícil encarar esses 365 dias. Por isso, nada como se dar de presente neste início de 2017 uma massagem revigorante que o ajude a começar da melhor forma possível os próximos 12 meses. Uma ótima escolha é a bioterapia facial desenvolvida por Angelica Pio, pedagoga (com especialidade em aconselhamento psicopedagógico), astróloga e terapeuta com formação em massoterapia, massagens bioenergéticas e terapia ayurveda, de Florianópolis.

Arquivo pessoal
Angelica Pio, criadora da bioterapia facial (foto: Arquivo pessoal)
“A bioterapia facial não tem por objetivo a estética. É um trabalho terapêutico que visa ajudar as pessoas a adquirir mais qualidade de vida, saúde e harmonia. O que ocorre é que ela libera a parte superior do corpo (face, cabeça, pescoço e ombros) de tensões crônicas (criadas ao longo da vida) e das tensões atuais, que bloqueiam a energia de todo o corpo e dificultam que a pessoa possa viver com espontaneidade e leveza.”

Assim, reforça Angelica Pio, depois de liberar as tensões, a pessoa consegue acessar e deixar fluir a sua energia e sua verdadeira essência. “Com isso, ela fica naturalmente mais bonita. Por isso a bioterapia facial tem sido procurada também por esteticistas. Outro fator que contribui para o resultado estético é o óleo usado na massagem. São óleos 100% vegetais, escolhidos de acordo com os princípios do ayurveda, o que ajuda a equilibrar a energia da pessoa e ainda hidrata a pele.”

Angelica Pio explica que a bioterapia facial é indicada para qualquer pessoa. Não tem contraindicações. “Normalmente, quem procura vem em busca de ajuda para dor de cabeça, enxaqueca, bruxismo, estresse, dificuldade de concentração e insônia. Outras buscam melhora da autoestima e mais confiança para tomar decisões. Às vezes, a pessoa quer mesmo buscar um rosto mais relaxado e com uma melhor aparência, o que também é válido. A bioterapia facial é muito apreciada por quem está estudando para concurso ou vestibular, fazendo TCC ou mestrado, já que além de aliviar o estresse ajuda a manter a tranquilidade e o foco, aumentando a capacidade mental e a intuição.”


BOAS VIBRAÇÕES

A bioterapia facial é ótima escolha para este início de ano, já que 2016 foi um ano duro para muitas pessoas. “Sim, com certeza! Ela é muito indicada para zerar os estresses do ano que acabou e se preparar para 2017 com uma energia realmente nova. Muitas pessoas fazem listas de resoluções para o próximo ano, resoluções essas que muitas vezes não se concretizam porque são decisões mentais. Mas por trás delas existe uma carga emocional alojada em tensões no corpo físico que carregam uma programação, uma memória do estresse vivido. Ele atua de forma inconsciente, impedindo ou dificultando que a vida se renove. A bioterapia facial ajuda a fazer uma limpeza para que a gente possa criar um ano novo diferente. Mas o bom é que essa limpeza nos ajuda a mudar um padrão de funcionamento que vai repercutir positivamente para toda a vida”, enfatiza Angelica Pio.

Agora, nada como ter os benefícios da bioterapia facial ao longo do ano. Angelica Pio lembra que esse método de massagem “pode fazer parte dos cuidados que cada pessoa deveria ter consigo mesmo. O ser humano só procura ajuda quando está com uma doença instalada ou um sintoma que atrapalha a sua produtividade. Deveríamos cultivar o hábito de cuidar de nós mesmos. Sempre. Assim, precisaríamos menos de remédios. E teríamos muito mais vitalidade para aproveitar melhor a nossa vida e ainda ajudar a construir um mundo melhor”.

Busca da vitalidade


Em Belo Horizonte, quem aplica a técnica há quatro anos é Luciana Toledo, formada em estética e cosmetologia e proprietária da Luciana Toledo Estética e Emagrecimento. Ela afirma que a bioterapia facial é uma forma prazerosa de liberar a carga negativa e buscar a vitalidade, a saúde e a juventude do rosto. “Por trás de cada expressão marcada em nossa face existe uma energia bloqueada, uma emoção não expressada, uma história mal resolvida. E tudo que está de alguma maneira guardado em nosso corpo é também guardado em nossa face. Tristeza, cansaço, raiva, todos os nossos sentimentos são refletidos nas nossas expressões faciais. E quando algo é resolvido na face, é liberado nas outras partes do corpo”, afirma a profissional.

Luciana Toledo explica que a seção dura em média uma hora e é dividida em fases. Primeiramente, movimentos descendentes são feitos com as mãos. Eles começam na cabeça e vão até o colo. “O objetivo é relaxar os músculos e liberar a tensão.” Na sequência, é feita uma massagem inversa (de baixo para cima) utilizando-se óleo vegetal, que, de acordo com Luciana, é escolhido tendo em vista a personalidade de cada um. Depois, são trabalhados pontos específicos na região da cabeça que concentram energia corporal chamados pontos marmas. “Essa parte serve para liberar a energia. Ela atua, ainda, de maneira reflexiva nos órgãos ligados àquele ponto.” E, por último, há uma massagem com cristais. Alguns clientes podem escolher outros procedimentos complementares, como vaporização no rosto e aplicação de uma máscara de argila orgânica.

PELES CANSADAS


A esteticista reforça ainda que a bioterapia facial tem exatamente a proposta de trabalhar os pontos do rosto com o objetivo de aliviar as tensões do dia a dia e melhorar alguns problemas de saúde, como a fibromialgia, o bruxismo, a rinite e o estresse. Esse efeito ocorre porque essas condições são resultado do acúmulo de estresse, infelicidade, insatisfação, que somatizam no corpo e na face. Como a bioterapia facial trabalha muito a parte superior do corpo, e elimina as energias e tensões estagnadas na face, com o tempo esses problemas acabam sendo minimizados ou sumindo totalmente. “Além disso, ela alivia tensões do pescoço e dos ombros por meio da massagem com lenço de cura Ohashi (terapia Healing Scarf), que trabalha alongando o pescoço e as costas, método criado há 40 anos.” Segundo ela, a bioterapia é indicada para qualquer pessoa, principalmente as mais tensas e ansiosas. E de qualquer idade, já que os toques são sutis e suaves.

Luciana Toledo assegura que a bioterapia facial é muito indicada para peles cansadas, com marcas do tempo e flácidas, já que libera tensões e suaviza as linhas de expressão. “O envelhecimento facial é causado pela radiação solar, pela falta de hidratação e pelas marcas de expressão, que se tornam profundas. Uma pessoa com semblante sereno, uma pele bem cuidada, vai demorar mais para apresentar esses efeitos, e a bioterapia suaviza as marcas faciais.” A massagem pode ser feita semanal ou quinzenalmente. “Apesar de ser uma técnica eficiente, ela não surte o efeito esperado com apenas uma sessão. É preciso certa regularidade no início para se obter o resultado desejado.”

Objetivos:

1) Conscientizar os padrões cristalizados na face (emoção, pensamento, atitude)
2) Abrir o caminho: retirar as máscaras, limpar as energias estagnadas, dissolver as tensões crônicas
3) Ajudar a expressar a verdadeira essência da pessoa
4) Ajudar a conectar e expandir a energia amorosa a partir do chacra cardíaco
5) Nutrir o corpo
6) Nutrir a alma
7) Silenciar a mente e conectar com o eu interior

Os benefícios observados:

1) Relaxante, terapêutica, rejuvenescedora
2)Atua de modo reflexo em todos os órgãos e chacras
3) Trabalha os pontos marmas da ayurveda
4) Auxilia no tratamento das dores de cabeça, bruxismo, briquismo, rinite e sinusite
5) Libera as tensões e fortalece a musculatura do rosto, pescoço, ombros e colo
6) Ameniza as linhas de expressão
7) Torna o rosto mais suave e luminoso
8) Ajuda a desenvolver a concentração e a memória
9) Torna a pessoa mais expressiva
10) Ajuda a ampliar a respiração
11) Ajuda a melhorar a visão
12) Traz clareza mental. Excelente para estudantes
13) Desbloqueia a energia de todo o corpo
14) Ajuda a desenvolver a intuição
15) Promove o silêncio interior e a conexão com a nossa essência
16) Prepara o nosso corpo para acessar e ancorar níveis mais elevados de consciência

VÍDEOS RECOMENDADOS