Lavar os cabelos têm alguns segredinhos: veja dicas

Os cabelos precisam de cuidados e higiene, mas a frequência do banho dependerá do tipo de couro cabeludo. Da mesma forma, nem todas as pessoas precisarão aplicar condicionador

por Revista do CB 08/12/2016 10:00
Carlos Vieira/CB/D.A Press
Maria Elizabeth Gomes prefere lavar apenas no salão: know-how do cabeleireiro faz a diferença (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Há muitos mitos quando o assunto é lavar os cabelos. Por exemplo: lavar todos os dias é danoso. Outro: lave-os apenas com água quente. Será? Em caso de dúvida, muita gente prefere deixar os cuidados nas mãos dos profissionais. É o caso da administradora Maria Elizabeth Gomes, 65 anos, que, há mais de uma década, só faz a lavagem em salões de beleza.

“Uma vez por semana, levo meus produtos para o salão. O mais incrível é que, com eles lavando, meu cabelo fica limpo e solto a semana toda, coisa que não acontecia quando eu mesma lavava em casa”, confessa Maria Elizabeth. Dona de um spa de cabelos, a especialista Silvana Araújo diz que o diferencial está na formação dos profissionais de beleza. “Quem trabalha no ramo não tem como não ter feito um curso de estética e tricologia. Também é importante ter conhecimento sobre os cosméticos para maximizar os resultados”, acrescenta.

Silvana aconselha o uso de produtos com pouco sulfato de sódio, componente agressivo que, apesar de fazer muita espuma, não limpa direito. Ela ressalta ainda a importância de adequar o produto ao tipo de cabelo como forma de evitar a oleosidade e a queda dos fios. “Se a cliente tem o cabelo mais seco, é interessante que ela use xampus hidratantes, com óleos em sua composição. Coisa que não deve ser feita em cabelos oleosos. Para esse tipo, o essencial é usar um xampu neutro e sem hidratante”, orienta.

Também dona de um spa de cabelos, Renata Souza adverte para, durante a lavagem, não usar as unhas, pois machucam a cabeça. “Uma outra dica boa é diluir o xampu e o condicionador. Essa técnica ajuda a distribuir melhor o produto e evita o acúmulo de resíduos no couro cabeludo”, recomenda. Ela frisa que é importante estar atento à temperatura da água. Se estiver muito quente, os fios tendem a desidratar.

A empresária Francinete Rolim, 57 anos, é daquelas que sempre contam com a ajuda de profissional. Há cerca de 15 anos, ela lava os cabelos duas vezes por semana em um salão no Guará. “Além de ser mais prático e rápido, eu tenho a possibilidade de secar e escovar o meu cabelo. Isso é essencial, porque tenho crises fortíssimas de sinusite — não posso sair com o cabelo molhado por aí”, relata.

“A gente não pode dizer que há um modo correto de lavar os cabelos, porque depende muito do tipo em questão. Por exemplo, se a pessoa tem um cabelo mais oleoso, deveria lavá-lo todos os dias. Por sua vez, cabelos secos pedem poucas lavagens por semana”, esclarece o dermatologista Ricardo Fenelon. Ele acrescenta que é indicado usar um condicionador após o enxágue do xampu para que as cutículas do cabelo se fechem e, assim, ganhe um aspecto mais brilhoso e saudável.

VÍDEOS RECOMENDADOS