No Dia Internacional da Pizza, chame a família e coloque a mão na massa

Data pode ser uma oportunidade de apresentar novos ingredientes às crianças. Nutricionista dá dica para deixar a receita da massa mais saudável

por Redação 10/07/2016 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rodrigo Albert/Estado de Minas
(foto: Rodrigo Albert/Estado de Minas)
Celebrado em 10 de julho, o Dia Internacional da Pizza pode ser uma boa oportunidade para reunir a família e, juntos, colocarem a mão na massa. Além de aproveitar a data para apresentar novos ingredientes às crianças, a família pode testar uma receita de massa mais saudável que mistura farinha branca, integral e fubá. “As pizzas costumam ser muito calóricas, pois são feitas com farinha branca, muitos queijos e molhos. Para torná-las mais saudáveis sugiro fazer a massa com farinha integral, trocar o queijo comum pelo de búfala e optar pelo molho de tomate fresco. Abobrinha e rúcula também são boas opções de recheio”, sugere a nutricionista Roberta Thawana.

Idealizadora do site Pequeno Gourmet, Camila Verdeja, é mãe de Santiago, 3 anos, e dedica parte do seu tempo para compartilhar receitas, notícias, estudos sobre alimentação infantil saudável. Uma ótima dica para estimular meninos e meninas a experimentarem sabores novos é a família cozinhar junto. “Para contar com a ajuda dos filhos é importante não se preocupar com a bagunça, apresentar os ingredientes e deixá-los provar, permitir que coloquem a mão na massa, além de usar a imaginação na hora de decorar a pizza”, sugere. E mais: cozinhar junto estreita os laços de carinho.

Se for encarar o desafio de cozinhar com as crianças, lembre-se que você vai precisar de tempo disponível. Para fazer a massa da pizza, os ingredientes são:

3/4 xícara (chá) de água morna
1 pacotinho de fermento biológico seco
1/2 col. (chá) de açúcar
1 1/2 xícara (chá) de farinha branca
1/4 xícara (chá) de farinha de trigo integral
1 colher (chá) de sal marinho
2 colheres (sopa) de fubá, de preferência branco
2 colheres (sopa) de azeite extra-virgem

Depois de separar todos os ingredientes, siga os passos abaixo:

Coloque a água morna numa tigela pequena ou num copo medidor. (Se a água estiver quente demais, o fermento cozinha; se muito fria, o fermento não cresce). Acrescente o fermento e o açúcar e misture até dissolver bem e ficar com uma cor bege uniforme. Deixe repousar por 5 minutos, até a água começar a fermentar, formando uma fina película de bolhas na superfície, indicando que está ativa.

Para sovar a massa, existem duas opções:

Com o processador: Meça todos os ingredientes dentro do misturador. Use a lâmina plástica especial para a massa (a lâmina de metal pode cortar a massa em pedaços). Deixe na opção pulsar em toques rápidos por uns 3 minutos. Essa técnica evita que a massa esquente.

Com as mãos: Meça as farinhas e o sal numa tigela. Adicione a água fermentada e o azeite. Misture bem, mexendo com uma colher resistente. Polvilhe ligeiramente uma superfície limpa e seca. Faça uma bola na massa, coloque sobre o balcão e pressione para baixo com a palma da mão. Dobre a massa e pressione novamente. Continue a abrir e pressionar a massa por uns 8 minutos, até que fique homogênea. (Você sentirá a consistência diferente, mais macia e elástica). Adicione apenas um pouco de farinha para evitar que a massa grude.

Com a massa sovada, ponha um fio de azeite numa tigela média. A massa estará grudenta, portanto enfarinhe as mãos antes de colocá-la na tigela. Vire-a diversas vezes até ficar envolta em azeite, para evitar que forme uma crosta enquanto a massa cresce. Cubra com filme de PVC e deixe num local com temperatura de 20 a 25ºC, sem correntes de ar frio, por 2 horas, até que quase dobre de tamanho. Mantenha em repouso na geladeira por uma hora, para firmar. Já que a massa é ligeiramente grudenta, refrigerá-la ajuda a agregar sabor e textura. Com ela aberta, coloque no forno e asse a 200ºC, por uns 12 minutos.

Para fazer o molho, separe os seguintes ingredientes:

1 cebola cortada em quatro pedaços
2 dentes de alho
1 colher de sopa de azeite de oliva
1 colher de sobremesa de orégano
1 xícara de tomate pelado
folhinhas de manjericão e sal/pimenta a gosto

Em seguida, misture a cebola, os dentes de alho, o orégano e o azeite e asse por 15 minutos no forno pré-aquecido a 180ºC. Junte os vegetais com os demais ingredientes no processador e acrescente sal e pimenta a gosto. Bata por alguns minutos e pronto! Agora é só espalhar no disco de pizza e cobrir com os ingredientes de sua preferência.

Divulgação
Dica de Camila Verdeja, do site Pequeno Gourmet (foto: Divulgação)


Se a animação continuar, a família ainda pode decorar a pizza e as coberturas podem se transformar em simpáticas carinhas.

– Ricota temperada com cebolinha e olhinhos, boca e nariz de tomates aliem do penteado de mini rúcula (colocar as folhinhas depois de assar a pizza);

– Queijo de búfala, olhinhos de abobrinha e azeitona, nariz e boca de tomates e cabelinho de manjericão fresco (colocar as folhinhas depois de assar a pizza).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA