Google anuncia finalistas de programa de incentivo à ONGs

Cada projeto aprovado para a final do Desafio de Impacto Social 2016 já recebeu R$ 650 mil e votação do público, aberta até 13 de junho, pode elevar o valor a R$ 1,5milhão

por Gustavo Perucci 23/05/2016 12:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Karen BLEIER/AFP
Diretora do Googlr.org, Jacquelline Fuller espera que o projeto tenha boa repercussão no Brasil (foto: Karen BLEIER/AFP)
A gigante norte-americana de tecnologia Google anunciou os dez vencedores do Desafio de Impacto Social Google 2016. A iniciativa do Google.org, que ajuda projetos em vários países, visa apoiar organizações sem fins lucrativos (ONGs) que utilizam a tecnologia para alcançar o impacto social. Temas como saúde pública, direitos humanos, agricultura familiar, proteção à cultura indígena, agricultura, entre outros, estão presentes entre as dez propostas classificadas.

De um total de 1.052 propostas inscritas, dois projetos vencedores por cada região do Brasil foram selecionados e  receberão R$ 650 mil, inicialmente. Porém, o processo ainda está longe de terminar: as ONGs terão agora a oportunidade de aumentar o valor de seus prêmios para R$1.500.000 e o Google está pedindo aos usuários para ajudar a selecionar os seus projetos favoritos.

Vários critérios foram levados em conta para selecionar os projetos finalista, como seu impacto potencial,  tecnológica componente, viabilidade e escalabilidade. Além do prêmio em dinheiro, as ONGs recebem assistência técnica, orientação e outras formas de apoio.

"Estamos animados de ver a repercussão do Desafio de Impacto Social em todo o Brasil. Recebemos excelentes projetos de todas as cinco regiões e tivemos de tomar algumas decisões difíceis", afirma Jacquelline Fuller, diretora do Google.org e membro da comissão julgadora que selecionará três dos quatro vencedores do programa. "Agora estamos ansiosos para ouvir os comentários dos nossos usuários brasileiros", completa.

Até 13 de junho, usuários podem visitar o site do Desafio de Impacto Social e votar em até quatro dos projetos que mais gostaram. O site contém informações sobre as instituições e vídeos explicando seus projetos. A ONG com o maior número de votos receberá um dos maiores prêmios.

O restante dos vencedores do Grande Prêmio serão selecionados no evento finalista, 14 de junho, que será realizado no escritório do Google em São Paulo. Na ocasião, as 10 instituições terão a oportunidade de apresentar suas ideias ao vivo a um painel de juízes composto por pessoas do mundo artístico, esportes e filantropia, como Regina Casé, atriz e apresentadora de TV, a jogadora de futebol Marta, cacique Almir, líder da população indígena Suruí, Denis Mizne, diretor-executivo da Fundação Lemann, Adriana Varejão, artista brasileira, e Jacquelline Fuller. O projeto mais votado também será anunciado no evento.

CONHEÇA E VOTE
Projetos finalistas por região


NORTE
WWF Brasil:
Armadilha de baixo custo para o Aedes aegypti e um aplicativo para rastreamento via crowdsource para ajudar a acabar com a disseminação de doenças como o Zika e a Dengue. Com o apoio do Google, eles testarão o seu projeto-piloto em vários municípios do estado do Acre, antes de expandir por todo o país.

 

Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM): Plataforma online que ajuda comunidades indígenas a se adaptar às mudanças climáticas fornecendo alertas de situações críticas.  As alterações climáticas têm um impacto em todo o mundo, e, no Brasil, está ameaçando mais de 400 territórios indígenas e 110 milhões de hectares de floresta amazônica. Em dois anos, este projeto ajudará cerca de 40.000 indígenas e cobrirá 80% dos territórios da Amazônia brasileira.

NORDESTE
Transparência Brasil:
Plataforma digital e app que monitora projetos de construção de escolas com financiamento público, para garantir a prestação de contas do governo. Hoje no Brasil há mais de 10 milhões de crianças em idade de jardim de infância que não encontram vagas nas escolas locais. Ao mesmo tempo, há projetos de construção de escolas que foram abandonados e adiados pelo governo. O objetivo é reduzir os atrasos em 30% em quatro anos.

 

Instituto de Pesquisa e Inovação na Agricultura Irrigada (Inovagri): Plataforma que conecta fazendeiros a empresas de gestão de água com informações para a distribuição justa de água. A água é muito escassa na região do Nordeste do Brasil, o que afeta a agricultura. O objetivo do aplicativo é conectar agricultores e gestores de recursos hídricos com os dados para distribuir água de forma justa naquela região.

CENTRO-OESTE
Aliança da Terra:
Plataforma que conecta agricultores à informação que eles precisam para construir negócios mais fortes, para que eles possam se reunir, analisar, gerenciar e compartilhar dados. O objetivo principal é melhorar o desempenho ambiental e de produção, bem como aumentar a renda. A região Centro-Oeste é o foco, porque tem uma grande concentração de assentamentos rurais, mas mínima infraestrutura e acesso à tecnologia.

 

Vetor Brasil: Um portal interativo sobre carreiras no governo que conecta jovens líderes a trabalhos de alto impacto público. Há, atualmente, 11 milhões de empregos no governo brasileiro, mas não há um número suficiente de jovens que os consideram como uma escolha de carreira. Com conteúdo inovador, testes de aptidão e ferramentas de engajamento, eles pretendem chegar a mais de 30.000 estudantes durante o primeiro ano.

SUDESTE
Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS):
Aplicativo que possibilita cidadãos a debater e criar propostas de política pública. O principal objetivo deste projeto é capacitar os cidadãos para que se envolvam em propostas de políticas, debates e criação de propostas. Também desenvolverão ferramenta que recolhe assinaturas certificadas digitalmente necessárias para colocar essas propostas em votação no Congresso, assembleias legislativas e câmaras municipais. O plano é chegar a três milhões de pessoas durante o primeiro ano (2% do eleitorado brasileiro).

 

Instituto Arredondar: Plataforma que transforma as compras do dia a dia em oportunidades para fazer doações às organizações sem fins lucrativos ao arredondar os pagamentos em lojas físicas. Captação de recursos no Brasil é um grande desafio para as ONGs, e o Instituto Arredondar desenvolveu uma solução para gerar oportunidades de doação em vida cotidiana. Com o apoio do Google, o projeto será testado primeiro na região Sudeste e, em seguida, ampliado em mais de 10.000 pontos de venda em todo o país nos próximos dois anos.

SUL
THEMIS:
Aplicativo para informar, educar e capacitar trabalhadores domésticos sobre seus direitos. Há 6 milhões de trabalhadores domésticos no país e mais de 75% deles não são contratados. O objetivo é garantir que estes trabalhadores conheçam os seus direitos, para que possam receber um tratamento justo e legal. Em três anos, eles pretendem chegar a mais de 50% de todos os trabalhadores domésticos no Brasil.


Centro de Valorização da Vida: Aplicativo para tornar o aconselhamento de saúde mental acessível aos brasileiros vulneráveis. O suicídio é uma das dez principais causas de morte no mundo e, no Brasil, mais de 50% das pessoas que cometem suicídio nunca tiveram a oportunidade de se reunir com um profissional de saúde mental. Esta é a inspiração por trás do projeto do Centro de Valorização da Vida. O app fornecerá assistência para as pessoas em risco e estará disponível a partir de 24 de julho. Também treinará e recrutará voluntários.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA