Brasil registra 91 mil casos prováveis de Zika em dois meses

Doença começou a ter notificação obrigatória no país em fevereiro deste ano

por Agência Brasil 27/04/2016 15:47

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Boletim epidemiológico publicado nesta terça-feira (26/04) pelo Ministério da Saúde registrou 91.387 casos prováveis de infecção pelo vírus Zika em fevereiro, quando a doença começou a ter notificação obrigatória, até 2 de abril. Entre esses casos estão 7.584 gestantes com provável infecção e 2.844 que tiveram a infecção confirmada. O ministério informou que nem todas as gestantes infectadas terão filhos com microcefalia.

“Uma parte importante não passa o vírus para seus conceptos”, disse o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, em entrevista aos jornalistas.

A notificação de pessoas com a doença passou a ser obrigatória em todo o país em fevereiro de 2016, depois da confirmação de que gestantes infectadas pelo vírus podem ter bebês com microcefalia, uma malformação irreversível.

Os casos estão distribuídos em mais de mil municípios brasileiros. “É um alastramento grande da doença”, afirmou Maierovitch. Ele acrescentou que para cada caso de Zika notificado deve haver quatro a cinco casos assintomáticos, além de outros não notificados, já que os sintomas são leves.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA