OMS alerta que oito países já têm transmissão de zika por relação sexual

A evidência desse tipo de transmissão acontece porque são países que registraram casos autóctones de zika sem ter, em seu território, a presença do mosquito transmissor da doença

por Agência Estado 22/04/2016 11:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP / LUIS ROBAYO
Brasil já confirmou 1.168 casos de microcefalia (foto: AFP / LUIS ROBAYO )
Oito países já notificaram possível transmissão sexual do zika vírus, segundo o mais recente boletim da Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgado na quinta-feira (21/04). Argentina, Chile, Estados Unidos, França, Itália, Nova Zelândia, Peru e Portugal têm evidência desse tipo de transmissão porque registraram casos autóctones de zika sem ter, em seu território, a presença do mosquito infectado que transmite a doença.

Ainda segundo a OMS, 66 países tiveram registro de zika desde 2007, quando o primeiro surto foi documentado. Desde 2015, quando a doença foi identificada pela primeira vez nas Américas, 42 nações notificaram casos de zika.

Seis países tiveram aumento de casos de microcefalia associados à doença: Brasil, Colômbia, Cabo Verde, Polinésia Francesa, Martinica e Panamá.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA