Série de ilustrações mostra o que é "coisa de mulher"

Ilustradora desenvolve projeto em que valoriza e mostra a importância da figura feminina na história da humanidade

por Redação 08/03/2016 10:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A série de ilustrações Coisa de Mulher, de Raquel Vitorelo, ganhou novamente as redes sociais com a menção ao projeto na página oficial da Secretaria de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos no Facebook para iniciar a luta por igualdade de direitos na Semana da Mulher.

Para quem ainda não conhece as imagens badaladas, o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, é uma boa oportunidade para se refletir sobre igualdade de gênero. “Eu queria que existisse um trabalho que contra-argumentasse a quem quer que dissesse que uma mulher não poderia fazer isso ou aquilo. A minha resposta é que ela não só pode, como já tiveram mulheres que contribuíram com a humanidade nessa mesma área. Coisa de mulher é o que ela bem quiser, afinal”, afirmou Vitorelo em um entrevista concedida ao Correio Braziliense em dezembro do ano passado.

A série de ilustrações que vem sendo divulgada nas redes sociais de Raquel (@rvitorelo no Facebook) trazem sempre o termo “coisa de mulher” acompanhado dos feitos de figuras femininas importantes. Algumas são mais conhecidas do grande público como a escritora Simone de Beauvoir, a ganhadora do Prêmio Nobel Malala e a jogadora de futebol Marta.

Mas Raquel faz questão de trazer à tona mulheres que não têm seu trabalho tão reconhecido, como Ada Lovelace, a programadora inglesa que desenvolveu o primeiro algoritmo feito para uma máquina, e Bell Hoks, pensadora e escritora estadunidense que estuda a interconectividade de gênero, raça e classe.

















Clique aqui e veja a série completa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA