Veja seis dicas para deixar o armário em ordem

Manter os objetos organizados ajuda a economizar porque se consegue saber exatamente o que é necessário

por Estado de Minas 27/01/2016 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Em Casa/Reprodução da internet
(foto: Em Casa/Reprodução da internet)
Início de ano é uma excelente época para colocar o guarda-roupa em ordem. Além da organização, tirar do armário aquilo que não tem mais uso pode ajudar na economia, como afirma a personal organizer Carol Rosa. “Você consegue saber exatamente do que precisa e evita compras desnecessárias. Quando as peças não estão visíveis e separadas, as pessoas acabam nem lembrando o que têm e repetindo sempre as roupas”, diz. Algumas dicas podem ser infalíveis na hora de deixar o closet com cara nova:

1) Tire tudo do armário
Arrumar o guarda-roupa por partes é um erro comum que não funciona. É preciso saber exatamente o que se tem e a quantidade de cada peça para escolher o lugar ideal do armário para guardar camisetas, malhas, calças etc. Do contrário, há o risco de arrumar tudo e continuar com aquele ar de closet amontoado e desorganizado.

2) Separe em sacolas
Essa é a hora de colocar o desapego em prática. Pegue três sacos: um para ajustes, outro para doação e o último para o lixo. Separe as peças conforme for tirando o que tem no armário. “Se você não usou aquela roupa em um ano, ela só está lá ocupando espaço. Doe!”, aconselha a personal organizer. A camisa que perdeu o botão e a calça que precisa de um ajuste na barra devem ser separadas no saco de consertos. “Só coloque de novo no guarda-roupa depois de voltar da costureira.” O que não está em condições de ser reaproveitado vai para o lixo.

3) Hora de categorizar
Depois das duas primeiras etapas feitas, é importante separar as peças por categoria: roupas íntimas, pijamas, calças, vestidos curtos, vestidos longos, camisas, camisetas, roupas de praia, sapatos, bolsas e acessórios. Veja a quantidade de cada tipo de peça e escolha a parte do guarda-roupa que melhor as acomode. A dica é priorizar as gavetas para roupas íntimas, pijamas e camisetas e deixar as prateleiras para as roupas mais pesadas, como malhas. Para as peças de pendurar, os cabides grossos podem ser substituídos pelos mais finos. Essa mudança faz diferença para quem tem pouco espaço no armário. Se há muitas camisas, o melhor é separá-las por ordem de cor.

4) Dobras
Saber dobrar algumas peças adequadamente ajuda a manter tudo em ordem. Fuja das pilhas para as camisetas: faça a dobra tradicional, depois dobre ao meio e organize na gaveta como uma escada, uma atrás da outra. Separe uma gaveta só para as roupas íntimas e coloque as calcinhas dobradas 'em pé', e não empilhadas. Essa técnica ajuda a visualizar melhor e ocupa menos espaço.

5) Sapatos
Os sapatos devem ser separados por cor. Se você não tem aquela sapateira dos sonhos, que acomoda todos os pares,
coloque no armário um sapato na frente do outro, e não lado a lado. Assim, é possível visualizar um maior número de pares. Se o espaço for muito pequeno, guarde os sapatos de festa ou os que são pouco usados em sacos de TNT e coloque em um lugar mais alto do guarda-roupa.

6) Organizadores
Investir em organizadores vale a pena. Em geral, são itens fáceis e baratos de comprar. As colmeias para calcinha facilitam na hora de organizar as gavetas, ajudam a deixar tudo separado e economizam
espaço. Além disso, é mais fácil manter tudo em ordem por mais tempo. Outra opção são as caixas organizadoras, principalmente quando o espaço é pequeno.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA