Teste rápido para diagnóstico de HIV e outras DSTs pode ser feito na rodoviária de BH até sexta

Ação da Secretaria Municipal de Saúde acontece até 27 de novembro e contempla também testes de sífilis e Hepatites B e C

por Redação 24/11/2015 14:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
	Fabyana Mota/ON/D.A Press
HIV é transmitido por relações sexuais desprotegidas, da mãe para o filho durante gestação, parto e amamentação e por compartilhamento de materiais perfurantes e/ou cortantes contaminados (foto: Fabyana Mota/ON/D.A Press)
Até a próxima sexta-feira (27/11), a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) realiza testes rápidos para diagnóstico do HIV, sífilis e Hepatites B e C, com aconselhamento pré e pós teste. A ação acontece no segundo andar da Rodoviária de Belo Horizonte das 9h às 16h. Para se submeter ao teste, basta apresentar o documento de identificação oficial com foto.

No dia 1º de dezembro, comemora-se o Dia Mundial de Luta contra a Aids e o objetivo da SMSA é conscientizar a população sobre o combate à doença. A população será orientada sobre as formas de prevenção e serão distribuídos preservativos e material informativo.

O HIV é um vírus capaz de causar danos ao sistema imunológico do indivíduo, a ponto de deixá-lo vulnerável a outras infecções, como pneumonias diversas, tuberculose, meningite fúngica, entre outras. O vírus é transmitido por relações sexuais desprotegidas, da mãe para o filho durante gestação, parto e amamentação e por compartilhamento de materiais perfurantes e/ou cortantes contaminados, como agulhas para uso de drogas injetáveis. A pessoa infectada pelo HIV pode não ter sintomas por muitos anos e por isso desconhece seu diagnóstico, podendo levar até oito a dez anos para manifestar a doença.

Em BH

Os exames para diagnóstico do HIV, das hepatites virais e da sífilis estão disponíveis nos 148 centros de saúde e no Centro de Testagem Sagrada Família (Rua Joaquim Felício, 141). Além disso, BH conta com cinco serviços especializados em infectologia para atendimento de pessoas vivendo com HIV (CRT-Orestes Diniz, CTA/SAE-Sagrada Família, URS-Centro-sul, Hospital Eduardo de Menezes e Unifenas).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA