Está desanimado? Veja quais alimentos ajudam a recuperar o humor

Pesquisadores apontam que determinados alimentos ajudam a elevar os níveis de endorfina e serotonina, substâncias que estimulam os centros de prazer do cérebro e modulam as emoções

por Estado de Minas 13/11/2015 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fácil Nordeste/Reprodução da Internet
(foto: Fácil Nordeste/Reprodução da Internet)
Em tempos tão atribulados, de rotinas agitadas e estressantes, é normal que o desânimo bata à porta. Mas, com a ajuda de alguns alimentos, é possível mantê-lo bem longe. Pesquisadores da Universidade de Warwick, no Reino Unido, e do Dartmouth College, nos Estados Unidos, estudaram o papel da comida como catalisador do bem-estar do ser humano. O estudo revelou que um mínimo de cinco a oito porções diárias de determinados alimentos melhoram visivelmente o bem-estar psicológico, já que ajudam a elevar os níveis de endorfina e serotonina, substâncias que estimulam os centros de prazer do cérebro e modulam as emoções.

  • Banana: além de ser fácil de comer e transportar, contém fibra, magnésio e um aminoácido chamado triptofano, precursor do neurotransmissor serotonina, da melatonina e da vitamina B3.
  • Cereais integrais (pão, arroz, massa): estimulam a secreção da insulina, que aumenta a disposição do triptofano para formar a serotonina.
  • Sementes e frutos secos: contêm altos níveis de triptófano, ajudando o corpo a produzir suas próprias proteínas. Por conter magnésio, têm também efeito antiestresse sobre o organismo.
  • Salmão: contém altos níveis de ácidos graxos Ômega 3, essenciais para a síntese de serotonina.
  • Abacaxi: rico em minerais, vitaminas e compostos ativos que estimulam a produção de serotonina, gera vitalidade.
  • Chocolate amargo: contém altos níveis de triptofano, ajuda na produção de serotonina e dá sensação de prazer.
  • Pão integral: ao ser consumido antes de carnes, pescado, ou queijo, o pão consegue auxiliar no aumento da concentração de serotonina, facilitando a chegada do hormônio triptofano ao cérebro.
  • Pimenta: contém uma substância chamada capsaicina, responsável por estimular as terminações nervosas da boca, ao mesmo tempo em que ajuda o cérebro a produzir endorfina.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA