Tempo seco e alergia respiratória: veja o que é mito e o que é verdade

Crianças são as que mais sofrem com o excesso de poluição e a baixa umidade do ar

por Estado de Minas 16/10/2015 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Son Salvador / EM / D.A Press
(foto: Son Salvador / EM / D.A Press)
Neste período de tempo seco, as crianças são as que mais sofrem com o excesso de poluição e a baixa umidade do ar. O nariz fica congestionado, começa uma tosse seca e constante e os incômodos aparecem. Segundo a doutora Talita Poli Biason, gerente médica da unidade Medicamento Isento de Prescrição do Aché Laboratórios Farmacêuticos, algumas crianças podem apresentar rinite alérgica. Veja alguns mitos e verdades que rondam a alergia respiratória infantil:

1- Lavagens nasais podem ser realizadas regularmente:
Verdade. A lavagem nasal auxilia na remoção de antígenos, que, ao entrar em contato com a mucosa nasal, colaboram para o desencadeamento de crises alérgicas.

2- As alergias respiratórias só ocorrem em dias mais frios:
Mito. As crises de alergia ocorrem em qualquer época do ano. Porém, nas estações mais frias, o aumento dos sintomas ocorre devido ao ar seco e à temperatura mais baixa.

3- Produtos com cheiros fortes devem ser evitados:
Verdade. Os perfumes precisam ser evitados pelos alérgicos, inclusive, por parentes próximos.

4- Rinite Alérgica tem cura:
Mito. A rinite alérgica não tem cura definitiva. Porém, é possível mantê-la sob controle por meio de tratamento adequado.

5- Alérgicos podem praticar esportes:
Verdade. As crianças alérgicas podem e devem praticar esportes. No entanto, recomenda-se conversar com o médico na hora de escolher o melhor esporte para cada uma.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA