Vídeo: garoto com paralisia comove público ao completar prova de triatlo

Ele teve uma bicicleta e um andador adaptados para ajudá-lo no circuito. Mas, ao fim da competição, ele deixou o equipamento e correu sozinho até a linha de chegada

por Correio Braziliense 29/07/2015 13:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução youtube
Bailey chegou a tropeçar e cair duas vezes, mas não desistiu e continuou até o final, emocionando a todos (foto: Reprodução youtube)

Um menino de apenas 8 anos emocionou os espectadores de uma prova de triatlo, em Noth Yorkshire, na Inglaterra, neste sábado (25/7). Diagnosticado com paralisia cerebral aos 18 meses, Bailey Matthews foi a última criança a cruzar a linha de chegada e arrancou aplausos e lágrimas de quem testemunhou a vitória. Ele venceu 100 m de natação, 4 km de ciclismo e 1,3 km de corrida.

Bailey teve uma bicicleta e um andador adaptados especialmente para ajudá-lo no circuito. No entanto, nos últimos 20 metros da competição, ele deixou o equipamento e correu sozinho até a linha de chegada. Recebendo o carinho do público, o garoto chegou a tropeçar e cair duas vezes, mas não desistiu e continuou até o final, emocionando a todos. A orgulhosa mãe de Bailey, Julie Hardcastle, disse que foi possível ver a expressão de felicidade no rosto do filho ao chegar ao fim da prova e notar o apoio de todos, disse ao Daily Mail.



A Castle Triathlon Series, responsável pelo evento, publicou uma foto e um vídeo dos momentos finais da prova no Facebook. “Todos nós assistimos a um momento incrível hoje, com uma demonstração de grande coragem, quando vimos Bailey Matthews completar seu primeiro triatlo”, afirmou a organização.

Bailey mora com a mãe e o irmão de 9 anos. Ele nasceu prematuro (nove semanas antes da hora), mas só foi diagnosticado com paralisia cerebral aos 18 meses de idade. O pai de Bailey, Jonathan Matthews, foi o principal incentivador da prática esportiva, de acordo com o jornal britânico.

No início, o pai empurrava Bailey em um percurso de 5 km toda semana. Após um tempo, com um andador adptado, o garoto passou a percorrer a rota sozinho. Mais confiantes, os dois começaram também a nadar em um lago e a treinar em uma bicicleta especial para as competições.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA