Conheça alguns mitos e verdades sobre cirurgias plásticas

É melhor fazer plástica no inverno? Dá para amamentar com silicone? Plástica é só para mulher?

27/07/2015 12:45

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ciplare/Reproducao da internet
(foto: Ciplare/Reproducao da internet )

Pesquisa recente da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética apontou que, este ano, pela primeira vez, o Brasil ultrapassou os EUA em número de cirurgias plásticas realizadas, tornando-se o país que mais faz esse tipo de procedimento no mundo. No ano passado, foram feitos no Brasil cerca de 1,4 milhão de procedimentos desse tipo. Quase 13% do total mundial. E com a procura cada vez maior por esses procedimentos, é comum surgirem dúvidas e questionamentos. Entretanto, existem muito mitos e crenças que podem confundir quem pretende fazer uma cirurgia plástica. Para isso, o cirurgião plástico, Felipe Pacheco, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, dá algumas orientações:

1) Plástica no inverno –
As operações podem ser realizadas em qualquer época do ano. A recuperação e a cicatrização não são prejudicadas ou beneficiadas pela estação.

2) Silicone e amamentação –
Como a prótese é colocada atrás da glândula mamária, não existe risco. Somente se a prótese for muito maior que a indicada para a paciente.

3)O hábito de fumar aumenta o risco de necrose – É verdade. Nas cirurgias, alguns vasos sanguíneos são rompidos e os demais devem estar em boas condições para manter a boa vascularização da pele. E como a nicotina diminui o calibre dos vasos, os fumantes correm um risco maior de ter problemas de cicatrização e morte de tecidos, que é a necrose.

4) As próteses de silicone devem ser trocadas a cada 10 anos – As próteses utilizadas atualmente são mais resistentes e exames de imagem, como ultrassom e ressonância magnética, podem ser utilizados para avaliar a integridade das próteses.

5) Depois da lipoaspiração, o volume da área aspirada não volta mais – Uma vez retiradas, as células adiposas não se formam novamente, mas outras células de gordura estarão sempre presentes na região. Elas podem aumentar de tamanho caso haja aumento de peso.

6) A musculação melhora a flacidez da pele – A musculação atua somente sobre a flacidez muscular, não tendo ação direta sobre a pele.

7) Ginástica não resolve os terríveis pneuzinhos – Os depósitos de gordura localizada não respondem bem às atividades físicas. É claro que diminuem. Entretanto, os temíveis pneuzinhos só deixarão de existir de forma definitiva após uma lipoaspiração.

8) Cirurgia plástica é uma alternativa estética apenas para mulheres – Hoje, a cirurgia plástica já é uma realidade também para os homens. O movimento de beleza masculino e a aceitação da vaidade refletem essa mudança.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA