Campanha de vacinação contra a gripe atinge meta: 84% do público-alvo foi imunizado

Vacina disponibilizada na rede pública protege contra três subtipos do vírus da gripe determinados pela OMS para 2015 (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B)

por Agência Brasil 30/06/2015 10:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Balanço divulgado nesta segunda-feira (29/06) pelo Ministério da Saúde mostra que a campanha de vacinação contra a gripe imunizou este ano 41,9 milhões de pessoas, o que equivale a 84,3% do público-alvo.

O objetivo era vacinar pelo menos 80% das crianças com mais de 6 meses e menos de 5 anos, idosos, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres que tiveram filhos há no máximo 45 dias, presos, funcionários do sistema prisional e pessoas com algumas doenças crônicas. Esses grupos totalizam 49,7 milhões de pessoas consideradas com mais risco de desenvolver complicações causadas pela doença.

Dez estados não atingiram a meta nacional: Acre, Roraima, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Sergipe, Bahia, São Paulo e Mato Grosso vacinaram mais de 70% do público-alvo, mas não chegaram ao objetivo. Amapá e Espírito Santo, respectivamente, com 91% e 90% de cobertura, foram os estados que mais vacinaram.

A campanha começou no dia 4 de maio em todo o país e foi prorrogada pelo Ministério da Saúde no dia 5 de junho. Depois do encerramento, no dia 5 de junho, o Ministério da Saúde recomendou aos estados que não atingiram a meta, a continuidade da vacinação.

A vacina disponibilizada na rede pública este ano protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela OMS para 2015 (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Apesar de alguns grupos resistirem a tomar a dose, o Ministério da Saúde garante que a vacina é segura e considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA