Mãos requerem cuidados especiais para prevenir e tratar seu envelhecimento

Por estar mais exposta às agressões do dia a dia, como contato com detergente e uso frequente da água, a pele das mãos, certamente, é mais afetada

por Lilian Monteiro 19/06/2015 09:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Natura / Divulgação
Mãos denunciam a idade (foto: Natura / Divulgação )
Difícil esconder! Mas você que planeja encarar o envelhecimento com sobriedade, da melhor forma possível e cultivando a beleza saudável, precisa estar atenta aos cuidados com as mãos. É que, por mais que esteja malhada, com o peso em dia, pele do rosto incrível, a danada da aparência das mãos revela, sem dó, os efeitos dos anos. A pele do dorso adquire manchas com o passar do tempo, fica mais fina e os tendões aparecem. Isso é inevitável.

Por isso, muitas pessoas não têm a aparência das mãos condizente com os rejuvenescimentos feitos no rosto, por exemplo. O aspecto das mãos destoa. Assim, elas exigem mais atenção e é importante que todos saibam como prevenir e tratar o envelhecimento e quais os tratamentos estéticos disponíveis.

Por estar mais exposta às agressões do dia a dia, como contato com detergente e frequente uso da água, a pele das mãos, certamente, é mais afetada. A gerente de desenvolvimento de produtos da Natura Elizângela de Souza lembra que, antes de mais nada, é fundamental hidratar todas as partes do corpo. E ensina que há dois tipos de mecanismos para esse fim: oclusão e umectação. “Hidratação por oclusão é semelhante aos óleos corporais, ou seja, os óleos e outros emolientes presentes na formulação formam um filme protetor que reduz a perda de água pela pele. Dessa forma, ela se mantém mais hidratada. E na umectação, os hidratantes contêm glicerina vegetal, que é amplamente conhecida como agente umectante, ou seja, é responsável por promover a absorção de água na superfície da pele, favorecendo assim a hidratação.”

Natura / Divulgação
É recomendável, a cada lavagem, passar o hidratante para que a maciez e a elasticidade sejam mantidas (foto: Natura / Divulgação )

SECA
Elizângela conta que, diferentemente da pele corporal, definida como normal, oleosa, mista ou seca, não tem como ter a mesma terminologia para as mãos. “A demanda é para quando a pele delas está mais ou menos seca. Durante o inverno, a reclamação maior é por estar seca. E, para isso, há produtos específicos e a escolha depende da necessidade de cada um. Há aqueles com alto poder de hidratação, mas que proporcionam toque seco e aveludado. Assim, para quem se incomoda com cremes nas mãos, se preocupa com o cabelo ou tarefas do dia a dia, tem oferta ideal no mercado. E recomendamos, a cada lavagem, passar o hidrante para que mantenha a maciez e a elasticidade, reduza a aparição de manchas e adie as rugas.

Para a gerente, a maneira de hidratar a pele do corpo, incluindo mãos e pés, depende de particularidades. “A primeira dica é verificar as necessidades, como grau de hidratação, ressecamento e brilho, que estão diretamente associados aos tipos de pele. Por isso, para os diferentes gostos, há inúmeros produtos e modos de uso que potencializam o benefício da hidratação. E não se esqueça, dependendo da rotina diária, de escolher um produto que tenha FPS.”

ENTREVISTA
Manter a hidratação diária é fundamental
O médico Jorge Menezes, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explica o beabá de como prevenir e tratar o envelhecimento das mãos.

Beto Novaes / EM / D.A Press
Jorge Menezes - Cirurgião plástico (foto: Beto Novaes / EM / D.A Press)


A mão envelhece como qualquer outra parte do corpo?
A derme, camada da pele composta principalmente por fibras de colágeno, tem espessura variável ao longo do organismo. Na mão, sua espessura é menor e, portanto, existe uma menor quantidade de fibras colágenas se comparada, por exemplo, ao dorso. Por isso, podemos concluir que a mão pode envelhecer mais rápido que outras partes do corpo.

Por que se fala tanto em proteção facial e pouco sobre as mãos?
A fotoproteção deve ser a mesma para rosto, colo e dorso de mãos. Lembrando que, nas mãos, a reaplicação deveria ser mais frequente pelo hábito de lavá-las.

Quais cuidados diários devemos ter com elas?
Lavar as mãos com sabonete de pH fisiológico para não ressecá-las, hidratar com creme ou loção com FPS. Podemos ainda estimular a produção de colágeno com o uso de ácidos e aparelhos como a luz pulsada, que, além de clareá-las, promovem um aquecimento que estimula a produção de colágeno.

No mercado há diversas opções de produtos específicos para as mãos. Como escolher o ideal?
É sempre interessante observar a presença de filtro solar, pelo menos FPS 15, e de hidratantes.

Os hidratantes diários devem conter que tipos de ativos?
Hidratantes à base de ureia, óleo de uvas, fomblin (ativo que promove um filme protetor resistente à água e produtos químicos em geral, sem efeito oclusivo, ou seja, de fechar os poros), óleo de silicone, manteiga de manga (com ação emoliente e nutritiva).

Existe peeling para as mãos? Qual o melhor?
Praticamente, todos os peelings para o rosto podem ser feitos nas mãos. Tomando sempre o cuidado de não ser muito agressivo na mão, porque o processo de cicatrização é pior do que no rosto. Gosto do resultado do peeling de pasta de ATA (ácido tricloroacético – que pode ser líquido ou em pasta) 15% nessa região. Na forma de pasta, o ácido é mais fácil de ser aplicado, porque garante uma distribuição homogênea na região a ser tratada. O resultado é uma descamação da área, promovendo renovação celular e clareamento das mãos.

Qual a melhor técnica para suavizar os sulcos que aparecem com a idade?
Com a idade, perdemos tecido gorduroso nas mãos, deixando aquele aspecto de mão enrugada, sem sustentação. Uma boa técnica é o uso de preenchedores com ácido hialurônico.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA