Insecticida pode afetar desenvolvimento intelectual de crianças

A exposição durante a infância a insecticidas piretróides está associada a habilidades cognitivas em meninos e meninas com menos de 6 anos

por AFP - Agence France-Presse 10/06/2015 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Uma classe de inseticidas amplamente utilizada na agricultura e a nível doméstico, os piretróides, pode afetar o desenvolvimento intelectual das crianças - segundo um estudo divulgado nesta terça-feira pelo INSERM (Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica) da França.

"O resultado deste estudo mostra que a exposição durante a infância a insecticidas piretróides", que são detectadas na urina pela concentração de dois resíduos destes produtos, está "associada a habilidades cognitivas em crianças com menos de seis anos", de acordo com um artigo publicado na revista Environment International.

Pesquisadores da Universidade e do Centre Hospitalier Universitaire (CHU) da cidade francesa de Rennes se dedicaram a avaliar a correlação entre as capacidades cognitivas em uma amostra de 287 crianças de seis anos e a concentração de elementos residuais desses inseticidas na urina.

Os pesquisadores estudaram a compreensão verbal das crianças, o que é um bom indicador da aptidão escolar e capacidade de memorizar novas informações.

Enquanto isso, a concentração de seis diferentes metabolitos, resíduos de decomposição pelo corpo de insecticidas piretróides, foi medida na urina de crianças que integraram a amostragem.

Para dois destes metabólitos foi encontrada uma correlação entre sua concentração e o menor desempenho cognitivo das crianças, inclusive levando em conta fatores capazes de desviar os resultados.

Os desempenhos intelectuais mais baixos encontrados em algumas crianças se traduziam em dificuldade para a concentração, compreensão do entorno e na aquisição de novos conhecimentos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA