Desde a morte do irmão gêmeo, Heitor não pede mais para ver Arthur

Família ainda não contou ao filho sobre o falecimento do garotinho

03/03/2015 10:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Facebook
"Minha angústia acabou quando vc me pediu água e eu lhe dei pra acabar com sua sede. Obrigado Jesus!" - Delson Brandão, pai dos gêmeos Arthur e Heitor (foto: Reprodução Facebook)
Apesar de ainda estar em estado grave na UTI Pediátrica do Hospital Materno Infantil (HMI) de Goiânia, uma onda de otimismo ronda a recuperação do pequeno Heitor, 5 anos, que foi separado do irmão Arthur em uma cirurgia complexa que durou mais de 14 horas. Infelizmente, Arthur não resistiu e faleceu na noite de sexta-feira (27/02). Boletim médico divulgado na manhã desta terça (03/03) afirma que Heitor já está se alimentando através de dieta líquida.

Em seu perfil no Facebook, o pai dos meninos, declarou que resolveu não contar a Heitor sobre a morte de Arthur. “Muitos estão querendo saber qual foi a reação de HEITOR sobre a "transformação de Arthur em estrelinha". Desde o primeiro momento que HEITOR recuperou os sentidos após a entrada na UTI ele ou procurava ou esticava o pescoço pra olhar o irmão dormindo na cama ao lado. NÓS AINDA NÃO FALAMOS COMO ELE SOBRE ISSO. Mas estranhamente depois que o ARTHUR foi para outro plano ele (HEITOR) não pergunta nada sobre o irmão. Não olha pra cama ao lado. Hoje quando as enfermeiras retiraram a cama, ele não arrisca o olho pra olhar pro canto vazio. Acredito que ele sabe ou sente que Arthur não está mais ali e ele (HEITOR) se recusa a perguntar pra não ouvir a verdade que será dolorida. Só iremos falar quando partir dele a pergunta: "pain, mãeinha? Kd Arthur?" Ai sim vamos falar com ele. Do contrário não falaremos nada”.

Os irmãos siameses separados há uma semana eram unidos pelo abdome, tórax e bacia e compartilhavam o fígado e a genitália.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA