Branco ou azul? Entenda as razões de as pessoas enxergarem de maneira diferente cor de vestido que bombou na web

A polêmica criada em torno da cor da peça foi motivo de debate nas redes sociais mundo afora

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Quais as cores você enxerga neste vestido?

Reprodução Internet
(foto: Reprodução Internet)



Esta peça foi o assunto mais comentado na internet na noite da quinta-feira (26/02). Tudo começou quando uma internauta postou em seu Tumblr uma foto da peça perguntando se a vestimenta era branca ou azul. Foi o suficiente para desencadear uma enxurrada de postagens nas redes sociais, mensagens de celular e criação de memes. Apesar de existir uma resposta, não se trata de enxergar de forma correta ou errada. Há uma série de explicações para enxergar o vestido de duas formas distintas, mas nenhuma triunfa sobre as outras.

Luminosidade
Especialistas dizem se tratar de um fenômeno conhecido como ilusão de luminosidade. A luz entra nos nossos olhos através de diferentes comprimentos de onda. Nossa visão é adaptada para enxergar com luz natural e não se baseia apenas em luminosidade, do contrário não seriamos capazes de diferenciar imagens brancas mal iluminadas de imagens negras muito iluminadas. E o ser humano passa a compensar a luminosidade da luz solar, de acordo com as variações do dia, como durante a manhã, ao entardecer e em outros momentos. Com isso, há pessoas que compensam o lado azul, enxergando o vestido como branco e dourado, e outros que compensam o lado dourado, vendo a peça como azul e preta. O fundo da imagem faz o papel de luz solar, na foto do vestido, criando a confusão. Diferentes cores no fundo podem criar diferentes imagens da peça.

 
Subjetividade

Mas a questão é mais complicada. Os fatores que nosso cérebro utiliza para compor as cores são subjetivos e podem causar diferenças no que se enxerga. Pontos como contexto, similaridade, memórias anteriores e iluminação são levados em conta pelo olho humano. A imagem do vestido é uma foto superexposta, o que contribui para criar essa confusão. Ao se ajustar a exposição em um programa de edição de imagens, podemos ver o vestido em sua cor natural. E de acordo com toda essa explicação científica, o vestido é azul e preto. O debate chegou, inclusive, até as celebridades, que não deixaram de se manifestar sobre o fato.

Reprodução Internet
Debate sobre a verdadeira cor do vestido causou polêmica na Internet (foto: Reprodução Internet)


Leia também:  Famosos comentam polêmico vestido que dominou a internet

Idade
Quanto mais velho o observador, maior a propensão para ver dourado e branco. Segundo Jay Neitz, pesquisador de cor-visão na Universidade de Washington, em entrevista à revista Time, o globo ocular das pessoas muda ao longo da vida. Por isso, os indivíduos se tornam menos sensíveis à luz azul com o passar dos anos. O pesquisador estudou as diferenças na visão de cores durante 30 anos.

Filtro no olho
Para o oftalmologista Richard Yudi Hidam, a confusão é desnecessária. "Isso depende de coisas como a angulação. Olhando ao vivo é uma outra coisa", afirma. Para o médico, a bagunça fica ainda maior quando uma lente confunde a visão das pessoas, que já é naturalmente cheia de filtros. "Se você olha muito tempo para a cor vermelha, por exemplo, acaba tendo uma distorção quando vê uma coisa branca, por exemplo."

Contrastes na tela
Um dos primeiros palpites para a explicação da polêmica do vestido foi que a diferença das cores era causada pelo contraste nas telas de computadores, tablets ou celulares. Mas a tese rapidinho caiu por terra, depois que as pessoas chamaram amigos e familiares para ver o vestido no mesmo aparelho, ao mesmo tempo e lugar, e mesmo assim o conflito com as cores permaneceu. "Virei até o monitor de cabeça para baixo, eu já fiquei de cabeça para baixo, mas continuou vendo branco e dourado", comentou o estudante Alex Junior em uma rede social.

O início
A escocesa de 21 anos, Caitlin McNeill, foi quem divulgou a imagem na web, viu a roupa ao vivo e confirma que é azul. Ela é integrante de uma banda do folk e conta que a polêmica começou às vésperas de  um casamento para qual o grupo musical foi contratado. A mãe da noiva compartilhou com o casal via WhatsApp a peça que pretendia usar e a dupla não chegou a um acordo sobre a cor da roupa: azul e preto ou branco e dourado?

Em seguida, os noivos publicaram a imagem no Facebook e McNeill em sua conta no Tumbrl. As declarações foram dadas ao BuzzFeed News. Na enquete elaborada pelo site, 75% das pessoas afirmaram enxergar o vestido branco e dourado contra 25% das que acertaram e viram azul e preto.

A resposta
Se você ainda não se conforma, a loja britânica Roman que comercializa o vestido não oferece nenhum modelo branco e dourado. Além do preto e azul, as versões disponíveis são rosa e preto, vermelho e preto e uma branca e preta. Diretora de moda da marca, Michelle Bastock declarou em entrevista ao canal CNN: "Eu posso oficialmente confirmar que a cor do vestido é azul royal com ornamentos pretos". Diante da polêmica, Bastock afirmou que pretende agora produzir uma versão branca e dourada do vestido, mas que ela vai demorar pelo menos seis meses para estar disponível para as interessadas. A empresária disse ainda que todos na empresa estão surpresos e felizes com toda a repercussão.

Reprodução Internet
Loja britânica Roman não comercializa a versão branco e dourado (foto: Reprodução Internet)

VÍDEOS RECOMENDADOS