Nanopartículas podem combater colesterol no sangue

Pesquisa usou drone em miniatura para levar o medicamento aos locais onde se formaram as placas

por AFP - Agence France-Presse 19/02/2015 11:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Nanopartículas que agem como um tipo de drone em miniatura poderiam eliminar as placas de colesterol acumulado nas artérias, segundo estudo médico divulgado por cientistas nesta quarta-feira (18/02). Até o momento, este tratamento só foi aprovado em ratos, destacou o estudo publicado na revista especializada Science Translational Medicine.

Ainda faltam experiências para fazer, mas os médicos estão entusiasmados com esta possível alternativa para combater a arteriosclerose - obstrução de artérias por acúmulo de gordura -, uma das primeiras causas de morte nos Estados Unidos e outros países desenvolvidos.

"Este é o primeiro exemplo de uma tecnologia específica que usa nanopartículas para reduzir a arteriosclerose em um modelo animal", disse Omid Farokhzad, professor da escola de medicina da Universidade de Harvard e um dos autores do estudo. "Depois de anos de pesquisas e colaborações, pudemos usar a nanotecnologia para curar inflamações e remodelar e estabilizar as placas em um modelo de arteriosclerose avançada", acrescentou.

Neste caso em particular, os cientistas usaram nano-medicamentos para levar o medicamento aos locais onde se formaram as placas.

Um grupo de ratos que estavam com as artérias endurecidas por causa de uma arteriosclerose avançada foi submetido durante cinco semanas a este tratamento inovador com nano-drogas, enquanto outro grupo de roedores não foi tratado.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA