Anvisa suspende lotes do anticoncepicional Yaz por causa de data de validade impressa errada

06/02/2015 16:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
SXC.hu
(foto: SXC.hu)
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta quinta-feira (05/02) a distribuição, comercialização e uso do anticoncepcional Yaz (drosperinona + clatrato de etinilestradiol betaciclodextrina). Fabricado pela Bayer, a interdição são dos lotes BS01A9H, BS01A70, BS01AA5, BS01AA6 e BS01AK9.

Esses cinco lotes são referentes ao Yaz 3 mg + 0,02mg, 24 comprimidos revestidos, com prazo de validade até 09/2017.

A medida foi motivada pelo comunicado de recolhimento voluntário da empresa que identificou uma marcação incorreta do prazo de validade dos lotes. As embalagens informam que o produto vence em três anos, mas o registro do medicamento da Anvisa restringe a data de validade a dois anos. Bayer afirma que não há risco de segurança para as usuárias do produto.

VÍDEOS RECOMENDADOS