Morre o americano Carl Djerassi, um dos criadores da pílula

Carl Djerassi conseguiu sintetizar em 1951 o hormônio que regula os ciclos menstruais

por AFP - Agence France-Presse 31/01/2015 12:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Internet - http://www.snipview.com
Carl Djerassi tinha 91 anos (foto: Reprodução Internet - http://www.snipview.com)
O químico americano Carl Djerassi, um dos criadores da pílula anticoncepcional, morreu na sexta-feira à noite aos 91 anos, informou neste sábado (31/01) em Viena Klaus Albrecht Schröder, diretor do museu de Albertina.

Carl Djerassi conseguiu sintetizar em 1951 o hormônio que regula os ciclos menstruais. A descoberta permitiu o desenvolvimento do primeiro contraceptivo oral, um projeto no qual colaboraram os farmacêuticos americanos Gregory Pincus e John Rock.

Além de sintetizar a progesterona, Djerassi também conseguiu criar em laboratórios a cortisona, outro hormônio utilizado em vários tratamentos médicos.

Djerassi, escritor e colecionador de arte, era proprietário da coleção privada mais importante do mundo do pintor alemão Paul Klee (1879-1940), que legou ao Museu de Arte Moderna de São Francisco e ao Museu de Albertina, que anunciou sua morte.

Carl Djerassi nasceu em Viena em 29 de outubro de 1923, filho de pai búlgaro e mãe austríaca. Foi perseguido pelos nazistas e buscou refúgio nos Estados Unidos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA