Médico reutiliza seringas de propósito para contaminar camponeses do Camboja com o vírus da Aids

Cerca de cem pessoas foram contaminadas

por AFP - Agence France-Presse 22/12/2014 15:04

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Um médico cambojano sem autorização para exercer a profissão foi indiciado nesta segunda-feira (22/12) por assassinato depois de ter contaminado voluntariamente dezenas de camponeses com o vírus da Aids ao reutilizar seringas.

Segundo as autoridades, a intenção do médico era realmente contaminar os camponeses. Calcula-se que cerca de cem pessoas foram contaminadas.

O primeiro-ministro cambojano Hun Sen exigiu uma investigação meticulosa.

Equipes do ministério da Saúde cambojano, da OMS e da ONUAids foram enviadas ao local dos fatos, a província de Battambanga, para realizar testes.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA