Veja dicas para solucionar os cinco problemas de pele que mais incomodam

Métodos combinados com alimentação saudável atuam na boa aparência da pele

por Estado de Minas 19/12/2014 15:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
	Zuleika de Souza/CB/D.A Press
Melasma que alcançou a derme só pode ser tratado a laser (foto: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)
A pele é um órgão que causa muita preocupação nas pessoas, principalmente aquelas vaidosas, que estão sempre à procura de meios que possam deixar a impressão de “bunda de bebê”. Existem métodos que, combinados com uma alimentação saudável, produzem essa aparência perfeita, sem manchas, espinhas e outros problemas.

“A pele sofre diariamente impactos do tempo, do sol, da poluição, das luzes e dos locais por onde passamos. É preciso, primeiramente, prevenir-se para ter uma pele bonita. Em segundo lugar, tratar os sinais que incomodam, como manchas e espinhas”, pondera o dermatologista Bruno Vargas, sócio-diretor da clínica Inovatto. O especialista dá dicas para resolver os cinco problemas de pele que mais costumam incomodar.

Melasma
» As manchas amarronzadas que aparecem nas bochechas, queixo e testa são adquiridas principalmente pela longa exposição ao sol. O especialista explica que o melasma pode apresentar uma pigmentação na epiderme e até mesmo, na derme. Quando a imperfeição é causada superficialmente, ácidos são utilizados para limpar a pele, mas quando é profunda é necessário um tratamento a laser.

Acne
» É necessário pensar que a presença de acne não está associada à adolescência. De acordo com o dermatologista, deve-se escolher os cosméticos certos para evitar o problema. “Peróxido de benzoila, ácido salicílico, enxofre ou ácido mandélico são ingredientes que funcionam muito bem para alguns, pois matam as bactérias, removem a oleosidade e livram a pele das células mortas”, sugere.

Hiperpigmentação
» A alteração de cor que a pele sofre também é outro tipo de incômodo. “Nesses casos, é fundamental proteger os locais em que há manchas com protetor solar e procurar um médico para diagnosticar do que se trata, pois pode ser tanto algo que apenas incomoda esteticamente quanto uma alteração mais grave e que necessita de tratamento”, alerta Vargas. O protetor solar é o melhor meio para prevenir essas manchinhas.

Envelhecimento da pele
» Naturalmente, com o passar dos anos, a pele perde colágeno e torna-se mais fina, ainda que as mais escuras ou oleosas tendam a sofrer menos as consequências do tempo. “Para controlar esses efeitos, em alguns casos recomendamos retinoides e produtos com derivados menos potentes de vitamina A, dependendo do tipo de pele. Há também cremes indicados para quem ainda está na casa dos 20, mas já quer se prevenir”, pontua Vargas.

Olheiras
» Basta se estressar um pouquinho a mais, e dormir um pouquinho a menos que as famosas olheiras logo aparecem. Mas para a felicidade dos vaidosos, existem cremes que promovem alívio imediato e minimizam essa alteração. É necessária uma hidratação adequada e boas noites de sonho para que elas não apareçam. Porém, podem ser causadas também por reações alérgicas. Quando isso ocorre, é necessária a utilização de substâncias anti-histamínicas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA