Conheça os diferentes tipos de sal

Entenda como cada um deles pode contribuir para melhorar a saúde

por Estado de Minas 03/12/2014 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Vitao
(foto: Reprodução Vitao)
Quando se fala em sal, o primeiro a ser lembrado é aquele que sempre encontramos à mesa. O sal de cozinha, porém, não é a única opção para realçar o sabor dos alimentos. A lista é grande, mas o importante é conhecer cada um e entender como eles podem contribuir para melhorar a saúde, além de proporcionar refeições mais saborosas.

A seguir, Felix Reyes, doutor em toxicologia de alimentos e professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), fala sobre seis tipos diferentes de sal.

SAL DE MESA
Sal refinado que pode conter ou não iodo, tem 38,8g de sódio a cada 100g. É usado principalmente para cozinhar e temperar os pratos à mesa.

SAL KOSHER
Não contém aditivos e tem um grão grosso. Cozinheiros gourmet muitas vezes preferem a textura e o sabor do sal kosher na culinária.

GLUTAMETO MONOSSÓDICO
Conhecido como o sal do umami, por proporcionar o quinto gosto básico do paladar humano, tem um terço da quantidade de sódio contida no sal de cozinha. Realça o sabor dos alimentos e contribui para a diminuição do sódio nas preparações.

SAL MARINHO
Vem em grãos finos ou grossos e tem um sabor ligeiramente diferente porque contém outros minerais em sua composição. É obtido pela evaporação da água do mar.

SAL TEMPERADO
É uma mistura de sal que inclui ervas e outros temperos.

SAL LIGHT
Parte ou toda a quantidade de sódio é substituída por outro mineral. Existem sais dietéticos, livres de sódio, elaborados à base de cloretos e fosfatos de potássio, amônio, magnésio etc., normalmente vendidos em farmácia. Podem ser consumidos desde que exista boa diurese, função renal preservada e não haja comprometimento hepático, pois há circunstâncias em que o uso de sais de potássio e amônio pode piorar o quadro clínico de alguns pacientes hipertensos ou com problemas renais.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA