"Nigéria está livre do ebola", anuncia presidente na ONU

OMS ainda não ratificou a afirmação otimista do presidente do país, Goodluck Jonathan

por AFP - Agence France-Presse 25/09/2014 10:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, afirmou nesta quarta-feira (24), na Assembleia Geral da ONU em Nova York, que seu país não está mais infectado pelo vírus ebola. Jonathan foi ovacionado após o anúncio. "Podemos dizer com confiança que a Nigéria não está mais afetada pelo ebola", uma afirmação otimista repetida pelo presidente, mas que ainda não foi ratificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Segundo as autoridades nigerianas, não há mais pacientes com Ebola em observação, mas a OMS espera 42 dias, o dobro do período de incubação, para declarar que um país está livre da doença. Esse prazo se completa em 20 de outubro.

A epidemia que atinge a África Ocidental desde o início do ano chegou em julho à Nigéria, o país mais populoso da África. Pelo menos 20 pessoas foram infectadas, e oito morreram, de acordo com a OMS. O governo da Nigéria reconhece apenas sete vítimas fatais.

Segundo o último balanço da OMS, divulgado em 18 de setembro, a epidemia matou 2.811 pessoas do total de 5.864 enfermos na África Ocidental. Os países mais afetados são Guiné e Serra Leoa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA