Mais de 20 pessoas tem suspeita de contágio da febre chikungunya no Amapá

O vírus também é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e os sintomas são semelhantes aos da dengue, porém é menos letal

por Correio Braziliense 19/09/2014 11:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Depois da confirmação de dois casos, há a suspeita de contágio da febre chikungunya em mais 21 pessoas no Amapá. Segundo a Coordenadoria de Vigilância em Saúde no Amapá (CVS), são 10 em Macapá e 11 no Oiapoque, distante 590km da capital. O vírus também é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e os sintomas são semelhantes aos da dengue, porém é menos letal.

A principal diferença das doenças são as intensas dores nas articulações. O titular da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), Jardel Nunes, diz que um plano de contingência está sendo realizado no Oiapoque, onde há a possibilidade de um surto, por causa da proximidade com a Guiana Francesa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA