Diagnosticado precocemente, câncer de endométrio é combatido com cirurgias modernas

Tumor é mais comum em mulheres com mais de 61 anos, segundo o Ministério da Saúde

18/09/2014 14:56

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Raro em mulheres com menos de 40 anos, o câncer de endométrio – camada interna do útero – é mais comumente diagnosticado em pacientes com idade média de 61 anos, conforme dados do Ministério da Saúde. Apesar de seu potencial de mortalidade, esse tipo de câncer tem elevado índice de cura quando detectado no estadoinicial, como explica, em entrevista, o ginecologista Joaquim Martins, do Instituto de Oncologia do Hospital Felício Rocho.

Quais os fatores que podem causar o câncer de endométrio?
Boa parte se relaciona à exposiçãoprolongada, ou em excesso, ao hormônio estrogênio, sem contraposição ao progesterona. Pacientes obesas, com síndrome do ovário policístico, infertilidade (quandoassociada à disfunção hormonal) e menopausa tardia podem sofrer com esse desequilíbrio hormonal e, consequentemente, terem predisposição aumentada à doença. Existe outro subgrupo, o de pacientes mais idosas, que não está associado à influência desses hormônios, mas que possui prognóstico pior. A doença também é mais frequente em pacientes com diabetes, câncer de mama, usuárias ou não da medicação tamoxifeno.

Existem situações que predispõem ao câncer de endométrio?

A paciente que tem câncer de intestinogrosso tem chance aumentada de ter câncer de endométrio, assim comoa quela com história familiar (mãe e irmã) de câncer de ovário ou de mama. Nesses casos, não se deve assustar, mas a recomendação é que essas pacientes procurem o ginecologista com mais frequência, ou seja, de seis em seis meses, para que haja uma investigação regular. Também existem síndromes familiares que contribuem para a manifestação da doença, sendo a principal delas, apesar de rara, a Síndrome de Lynch, que associa câncer de intestino grosso não-polipoide com a neoplasia de endométrio.

Ao contrário de outro tipo de câncer, esse não é silencioso. A que a mulher deve ficar atenta?

O principal sinal é o sangramento irregular, quando, por exemplo, a mulher está na menopausa e volta a sangrar. Ocorre em 70% dos casos e o sintoma favorece o diagnóstico no estágio inicial. É diferente do câncer de ovário, que só apresenta sinais em estágio mais avançado.

Como é o tratamento?
Como o diagnóstico precoce pode ser feito na maioria dos casos, o tratamento é realizado de forma minimamente invasiva. Diferentemente de anos atrás, quando faziam-se grandes incisões abdominais e a paciente ficava vários dias internada, atualmente adotamos cirurgias menos agressivas através da laparoscopia e a via vaginal, porém com resultados semelhantes. Dessa forma, a pacienteretomarapidamentesuasatividadesnormais.



Endométrio é a membrana mucosa, que reveste a parede do útero, e que se renova a cada período menstrual

A maioria das neoplasiasmalignas de úterocomeça no endométrio

A partir dos 21 anos, todas as mulheres devem realizar exames pélvicos regulares

Converse com seu ginecologista sobre a vacina contra o HPV

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA