Guatemala confirma primeiros oito casos de chikunguya

Doença tem taxa de mortalidade baixa, mas apresenta sintomas muito incômodos como dores de cabeça e no corpo

por AFP - Agence France-Presse 15/09/2014 10:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A Guatemala confirmou os primeiros oito casos de chikungunya no país e declarou estado de alerta, informou o ministro da Saúde, Jorge Villavicencio.

Villavicencio indicou que os casos foram detectados em oito mulheres, em três colônias da cidade de Escuintla, localizada cerca de 55 km ao sul da capital guatemalteca. De acordo com o ministro, a doença tem uma taxa de mortalidade baixa, mas apresenta sintomas muito incômodos como dores de cabeça e no corpo. "A doença é tratada como a dengue, já que o vetor transmissor é o Aedes aegypti, um mosquito que pica e transmite a chikungunya", disse.

De acordo com um comunicado do Ministério da Saúde, amostras de sangue serão enviadas aos Estados Unidos para testes adicionais como parte dos protocolos de Saúde Mundial, uma vez que são os primeiros casos no país.

A doença já foi relatada em outros países da América Central, enquanto no Panamá a doença causou nove mortes este ano.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA