Caso suspeito de Ebola na Itália era alarme falso

Nigeriana hospitalizada nesta terça com sintomas similares sofre de malária, anunciou o governo

por AFP - Agence France-Presse 10/09/2014 09:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
A nigeriana hospitalizada na terça-feira na Itália com sintomas similares aos do vírus Ebola sofre de malária, anunciou o governo da região de Marcas (centro do país). Os exames da mulher de 42 anos, que viajou recentemente à Nigéria, confirmaram que ela tem malária.

Nenhum caso de Ebola foi detectado até o momento na Itália, onde os voos diretos com os países mais afetados pela epidemia foram cancelados. Além disso, o governo reforçou os controles nas fronteiras, portos e aeroportos.

A epidemia, a mais grave desde a identificação do vírus em 1976, provocou 2.296 mortes em 4.293 casos, segundo o balanço mais recente da Organização Mundial da Saúde (OMS), de 6 de setembro.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA