Saiba quais são os sete pecados do sono e livre-se deles

Sono de má qualidade pode ser consequência de erros que passam despercebidos. Que tal garantir longas horas de sono tranquilo?

por Estado de Minas 09/09/2014 15:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
QUINHO / EM / DA PRESS
(foto: QUINHO / EM / DA PRESS)
Para ter um sono de qualidade é necessário disciplina. Segundo a consultora da Duoflex Renata Federighi, quesitos como alimentação, ambiente, horários, postura e travesseiros merecem atenção especial.

Afinal, um sono de má qualidade pode ser consequência de erros que passam despercebidos. Que tal garantir longas horas de sono tranquilo? Confira os sete pecados que podem arruinar a sua noite.

Ambiente inapropriado
Um quarto iluminado, barulhento e mal climatizado não ajuda o sono de ninguém. Para que haja um descanso completo, é preciso silêncio, concentração, ventilação e pouca iluminação. A luz prejudica os ciclos biológicos e a produção hormonal, dando uma sensação de cansaço pela manhã.

Travesseiro errado
Poucos se dão conta da importância do travesseiro para garantir uma boa noite de sono. O travesseiro correto deve preencher completamente o espaço existente entre a cabeça e o colchão, alinhando a coluna cervical, garantindo um sono restaurador e prevenindo problemas.

Postura incorreta
Deitar-se da maneira correta facilita a circulação sanguínea e os estímulos elétricos enviados pelo cérebro aos demais órgãos do corpo. A posição mais indicada para dormir é de lado, sendo aconselhável sempre contar com dois travesseiros, um na cabeça e outro entre os joelhos.

Privar-se do sono

Especialistas recomendam pelo menos oito horas de sono para um descanso revitalizador. É importante lembrar que interromper ou não passar por qualquer uma das fases do sono pode prejudicar o equilíbrio do organismo e até
a saúde ao longo do tempo.

Fazer refeições antes de deitar
Lembre-se de que quanto maior a refeição noturna, maior a dificuldade de digestão, o que prejudica o sono. Antes de dormir, o mais indicado é dar preferência aos alimentos que ajudam a relaxar, entre eles alface, maçã, pepino, salsão e ervas como camomila e cidreira.

Bebidas estimulantes e cigarro antes de dormir
Refrigerante, café, chá e chimarrão contêm cafeína, estimulante que atrasa a chegada e prejudica a qualidade do sono. A nicotina, principal componente do cigarro, age da mesma maneira. O ideal é ingerir essas substâncias pelo menos uma hora antes de ir para a cama.

Deixar a TV ligada ou levar aparelhos eletrônicos para a cama
O maior problema de televisão, computador, tablet e smartphone não é a distração que proporcionam, mas o tipo de iluminação que irradiam. Isso porque a luz branca artificial dos aparelhos inibe a produção de melatonina, hormônio responsável pela estimulação do sono.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA