Grupo francês confirma segundo implante de coração artificial

A primeira operação deste tipo ocorreu no dia 18 de dezembro de 2013 em um hospital de Paris. O paciente, Claude Dany, um homem de 76 anos que sofria de uma grave insuficiência cardíaca, faleceu 75 dias depois

por AFP - Agence France-Presse 08/09/2014 09:02

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO / FRANCK FIFE
Cirurgiões franceses realizaram o implante de um coração artificial Carmat, uma bioprótese de alta tecnologia, em um paciente da cidade de Nantes (foto: AFP PHOTO / FRANCK FIFE )
O grupo francês Carmat anunciou nesta segunda-feira o implante em um paciente de um coração artificial, o segundo realizado na França, confirmando informações da imprensa na semana passada. Segundo os meios de comunicação, cirurgiões franceses realizaram o implante de um coração artificial Carmat, uma bioprótese de alta tecnologia, em um paciente da cidade de Nantes (oeste). Uma primeira operação similar ocorreu no fim de 2013 em Paris.

"Carmat (...) confirma hoje ter realizado a metade do teste de factibilidade de sua bioprótese cardíaca", indica o grupo em um comunicado, sem fornecer mais informações sobre o implante. "Os critérios de êxito supõem - entre outros - a sobrevivência 30 dias depois do implante e a recuperação funcional de órgãos vitais", acrescenta.

O Carmat indica que dois novos pacientes serão selecionados para futuros testes. A primeira operação deste tipo ocorreu no dia 18 de dezembro de 2013 em um hospital de Paris. O paciente, Claude Dany, um homem de 76 anos que sofria de uma grave insuficiência cardíaca, faleceu 75 dias depois da operação devido a uma falha técnica da prótese.

Segundo o jornal Libération, esta segunda operação foi realizada pela equipe do professor Daniel Duveau, que participou da primeira cirurgia.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA