Conheça sete passos para fugir do refluxo

Especialista chama a atenção para dicas de alimentação e mudanças de hábitos que ajudam a evitar o incômodo

por Estado de Minas 19/08/2014 15:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
EM / DA Press
O ideal é se alimentar de quatro a cinco vezes por dia, a cada três horas, e em pequenas porções (foto: EM / DA Press)
Estômago cheio, náusea, queimação e dor torácica. Se você sente alguns desses sintomas, é sinal de que está com refluxo gastroesofágico, caracterizado pelo retorno de sucos gástricos, bebidas e comidas do estômago para o esôfago.

Segundo o endoscopista Gustavo Andrade de Paulo, diretor da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (Sobed), o problema ocorre quando o esfíncter esofágico não se fecha corretamente.

Por meio do exame de endoscopia é possível detectar a esofagite, consequência do refluxo. O especialista chama a atenção para dicas de alimentação e mudanças de hábitos que ajudam a fugir do incômodo. Confira abaixo sete maneiras de evitar os sintomas do refluxo:

1. Procure comer mais vezes ao dia
O ideal é se alimentar de quatro a cinco vezes por dia, a cada três horas, e em pequenas porções. Comer demais pode piorar o refluxo.

2. Não durma depois das refeições
É comum o refluxo em pessoas que costumam dormir logo depois do almoço ou jantar. Isso ocorre devido à ausência de gravidade, facilitando o encaminhamento do conteúdo gástrico para o esôfago.

3. Diminua a quantidade de café, chocolate e cigarro
As substâncias presentes no cigarro e em bebidas como o café relaxam o esfíncter esofágico inferior, o que pode facilitar a volta dos alimentos.

4. Evite bebidas gasosas
Os gases ficam concentrados no tubo digestório, ocasionando a distensão do estômago, o que facilita o refluxo. Refrigerantes e águas com gás, portanto, devem ser evitados.

5. Evite alguns condimentos
Temperos como a pimenta podem estimular a produção da secreção de ácido pelo estômago, aumentando a chance de refluxo. Prefira incrementar a comida com ervas aromáticas.

6. Reduza a quantidade de frituras
Alimentos que contêm alto teor de gordura sobrecarregam o estômago e também relaxam o esfíncter, o que pode resultar no caminho contrário do alimento.

7. Fuja das roupas apertadas
Peças justas na região do abdômen, como calças, cintas e cintos, aumentam a pressão nessa região do corpo, facilitando o refluxo do ácido para o esôfago.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA