Morre segundo médico vítima do Ebola em Serra Leoa

Modupeh Cole, que trabalhava no hospital Connaught de Freetown, foi transportado em 9 de agosto para o centro de tratamento especializado em Ebola de Kailahun onde faleceu

por AFP - Agence France-Presse 13/08/2014 12:39

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Um segundo médico que participava na luta contra a epidemia de Ebola em Serra Leoa morreu após contrair o vírus mortal, informaram nesta quarta-feira fontes oficiais. O médico Modupeh Cole, que trabalhava no hospital Connaught de Freetown, foi transportado em 9 de agosto para o centro de tratamento especializado em Ebola de Kailahun (leste), que anunciou a sua morte. "É verdade, e todos nós estamos muito tristes", confirmou o médico Brima Kargbo, chefe dos serviços de saúde do país.

"Dr. Cole era um líder influente no setor médico no país e foi fundamental na luta contra o Ebola", acrescentou. O vice-ministro da Informação, Theo Nicol, fez uma homenagem ao médico falecido que foi "um pilar" em sua profissão. Ele pediu que os profissionais da saúde não desanimem com a notícia e continuem mobilizados para lutar contra a epidemia.

Os funcionários do hospital Connaught de Freetown observaram um minuto de silêncio em memória do Dr. Cole.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA